sexta-feira, 28 de julho de 2017

VILLA MIX FESTIVAL RETORNA EM OUTUBRO À CAPITAL PARANAENSE

Villa Mix Festival retorna em grande estilo a capital paranaense no mês de outubro


O festival, que já agitou a cidade em 2014, retorna depois de dois anos para fincar os pés de vez na capital paranaense. Ao todo, 34 cidades do Brasil já receberam o evento, sendo 17 capitais anfitriãs, o que mostra a tradição e o crescimento em constante expansão no mercado do show e entretenimento.
Com data marcada, o Villa Mix acontecerá na Arena Expotrade no dia 21 de Outubro, trazendo à Curitiba grandes artistas de diferentes ritmos e segmentos da música. Entre as atrações confirmadas, Luan Santana, Jorge e Mateus, Simone e Simaria, JetLag, Matheus e Kauan e Edu Chociay já integram o line up do evento. Além disso, o DJ Alok também está entre os artistas confirmados, prometendo balançar de vez o evento com música eletrônica de qualidade.
João Guilherme Leprevost, um dos sócios da CWB Brasil, empresa que trará o evento a Curitiba, afirma que o mais importante disso é a disseminação da arte e da cultura no Paraná. “O Villa Mix leva um nome tão grande e ajuda, em diversos âmbitos, a disseminar a música no Brasil, fomentando inclusive a nossa economia. Além disso, o evento ajuda a divulgar o trabalho de novos artistas e ainda traz um aumento de visibilidade a capital paranaense, atraindo turismo e cultura para o nosso estado”, afirma Leprevost, que aproveita para ressaltar que o festival recebe aproximadamente dois milhões de pessoas por ano em várias cidades.
Os ingressos do Villa Mix e todas as informações sobre valores, estrutura e demais informações estão com exclusividade no site www.ticmix.com.br. Além dos pontos físicos nas lojas Multisom (Shopping Total, Curitiba, Barigui, Palladium, São José e Palladium Ponta Grossa, além das lojas na rua Marechal Deodoro e XV de Novembro) e os quiosques do Disk Ingressos (Shopping Palladium, Estação e Muller).   
SOBRE O VILLA MIX - O Villa Mix é o maior evento da música do Brasil, abrangendo todos os segmentos e ritmos. O projeto é considerado referência no mercado de shows, cultura e entretenimento, que surgiu com o objetivo de reunir, principalmente, os artistas da produtora AudioMix, escritório que administra a carreira de artistas como Jorge & Mateus, Matheus e Kauan, Israel Novas, Simone e Simaria, Guilherme e Santiago, DJ Alok, entre outros músicos de referência no Brasil.
O primeiro evento aconteceu ainda em 2011 na capital Goiânia e, desde então, tomou grandes proporções devido ao seu sucesso, sendo realizado em diversos lugares do país, atingindo mais de dois milhões de pessoas todos os anos. Neste ano, o palco da edição Goiânia (realizado nos dias 1 e 2 de julho) foi eleito pelo Guiness Book, o livro dos recordes, como o ‘Maior do Mundo’, superando a própria marca de 2015.  
SERVIÇO: Villa Mix Festival | Endereço: Expotrade – Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, número 10454, Pinhais. | Data: 21 de Outubro de 2017. | Ingressos: à venda  desde o dia 5 de Julho pelo www.ticketmix.com.br e a partir do dia 8 no www.blueticket.com.br | Realização: CWB Brasil e AudioMix .

WS BRAZIL LANÇA NOVO HORÀRIO COM FESTA "WS Brazil lança novo horário com festa “Burburinho"BURBURINHO"


Nesta sexta-feira, dia 28 de Julho, a WS Brazil, uma das casas de entretenimento mais queridas da capital paranaense, vai celebrar o novo horário de funcionamento com um evento especial. O empreendimento, que já funciona aos sábados e domingos, vai alterar seu calendário, abrindo as portas também nas sextas-feiras com uma programação especial voltada para o melhor dos ritmos brasileiros. Para comemorar o lançamento oficial da nova programação, a casa vai promover a festa “Burburinho”, que contará com as apresentações dos grupos curitibanos Tentativa e Ambição e DJ Hintz.  A WS Brazil fica na Alameda Dr. Carlos de Carvalho, nº 1330, no bairro Batel.  A festa “Burburinho” terá início às 22h30. 
Mais informações no site www.wsbrazil.com.br ou na página oficial da WS Brazil no Facebook.

GRUPO CORPO FAZ TOUR COM O ESPETÁCULO GIRA, COM PATROCINÍO DA PETROBRAS

As apresentações acontecem de agosto a outubro em São Paulo, Rio de Janeiro, 
Belo Horizonte e Porto Alegre

Patrocinado pela Petrobras há quase duas décadas, o Grupo Corpo traz a público um novo espetáculo, Gira, que faz turnê nacional de 4 de Agosto a 8 de Outubro, passando por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Com trilha sonora criada pelo trio paulistano Metá Metá, o espetáculo se inspira na umbanda, mais especificamente suas rodas cantadas e dançadas de culto a entidades, as chamadas "giras".

Em 40 minutos de apresentação, 21 bailarinos se transformam em veículos para a manifestação de espíritos, vagueiam, dançam em trios, duos ou solos. A coreografia foi criada por Rodrigo Pederneiras. Os figurinos, assinados por Freusa Zechmeister, são formados por saias brancas de corte primitivo e tecido cru. A trilha sonora conta com as participações especiais do poeta, ensaísta e artista plástico Nuno Ramos e da cantora Elza Soares em duas faixas. A iluminação fica a cargo de Paulo e Gabriel Pederneiras.

Gira valoriza as nossas raízes, a riqueza cultural do Brasil, traz para a dança a pesquisa de novas linguagens e a inovação. Tudo isso guarda uma sinergia muito grande com a Petrobras. Apoiamos a cultura brasileira pois acreditamos que ela é a energia que movimenta a sociedade e a impulsiona. Nossa parceria com o Grupo Corpo, que já dura quase 20 anos, reforça esse compromisso da Petrobras”, afirma o gerente executivo de Comunicação e Marcas da companhia, Diego Pila.

Gira se apresenta na turnê nacional em programação dupla, após a exibição do espetáculo Bach, de 1996, que retorna aos palcos após dez anos sem ser encenado no Brasil. A trilha de Bach é uma criação livre de Marco Antônio Guimarães com base na obra do compositor alemão Johann Sebastian Bach. O espetáculo funde o barroco do compositor alemão ao barroco de Minas Gerais.

Sobre o Programa Petrobras Cultural
O Grupo Corpo conta com o patrocínio da Petrobras por intermédio do Programa Petrobras Cultural, de patrocínio às artes e à cultura. O programa contempla projetos brasileiros com valor cultural destacado, inovadores, com alto potencial de retorno e alinhamento à estratégia de marcas da Petrobras. Os projetos patrocinados seguem linhas de atuação com foco em música, artes cênicas e audiovisual, incluindo o patrocínio à produção, circulação e ampliação do acesso a produtos culturais, como

quinta-feira, 27 de julho de 2017

2º ENCONTRO DE CHEVETTES MOVIMENTA O STUDIO PHOENIX NO PHOENIX AMERICAN MEX

2º Encontro de CHEVETTES se realiza neste sábado, no Phoenix American Mex

Neste Sábado (29), o Studio Phoenix e  o Phoenix American Mex recebem mais um grande evento automobilístico desta vez quem estaciona no pátio do bar mais american/mex são os CHEVETTES, automóvel lançado pela General Motors no ano de 1973, sendo fabricado pela montadora Chevrolet no Brasil.
Chevette foi introduzido inicialmente como um sedan duas portas mantendo como sua principal característica, mas posteriormente também foram oferecidos modelos com 4 portas para exportação e versões em hatchback. O Chevette originou outros modelos derivados como a station wagon Marajó e a pickup Chevy 500.
O Chevette também ficou conhecido pela sua potência oferecida. Durante toda sua história, o Chevette já veio equipado com vários motores: 1.0, 1.4 (carburação simples e dupla, está somente em 1982 como opcional), 1.6 (carburação simples) e 1.6/S (carburação dupla, a partir de 1988, um ano após sua última reestilização). Também foram introduzidos motores tanto a gasolina quanto a álcool.
Neste Sábado além de serem conhecidos vários modelos no estacionamento do Phoenix American Mex o bar abre as 8 horas quando será servido um café até as 9 horas da manhã para os participantes, em seguida a cozinha fica aberta com o cardápio especial para o horário do dia onde a cozinha pode ser conhecida com vários drinks especiais, hamburguers, batatas suíças e um espaço especial também onde terá Chopp, espetinhos e barracas para escolher lembranças e peças para serem adquiridas. 
Desenvolvimento do Chevette 
Sob a direção do engenheiro-chefe John Mowrey, a GM começou a desenvolver o Chevette em dezembro de 1973, em resposta à crise do petróleo daquele ano. Por conta disso, as vendas de automóveis na época haviam caído consideravelmente e a Chevrolet pensava em criar um veículo com maior eficiência e que economizasse combustível.
Chevette originou-se do chamado "Projeto 909" - o que se tornaria futuramente o programa de carros T, assim chamado porque os veículos compartilhavam a plataforma T da GM. Com os conhecidos problemas do seu antecessor, o Vega - que incluía questões de produção, problemas de confiabilidade e uma séria propensão à corrosão - a equipe reformulou a plataforma internacional de tal forma que o Chevette não compartilhasse um único painel de carroceria, retrabalhando-a extensivamente para realçar a proteção da corrosão.
Nos Estados Unidos, o Chevette foi lançado oficialmente em 16 de setembro de 1975, em Washington DC. Inicialmente, a GM projetou vendagens iniciais de 275.000 unidades em seu primeiro ano. O modelo alcançou a marca de 2.793.353 vendas em terras estadunidenses no ano de 1987 quando sua linha de produção naquele país foi encerrada. O último Chevette fabricado por lá saiu em 23 de dezembro de 1986 já como modelo 1987, um hatchback azul duas portas que foi enviado a uma revendedora oficial da Chevrolet em Springdale, Ohio. 
No Brasil, o modelo foi lançado antes mesmo de seu lançamento americano em 1973 como um sedan duas portas e, posteriormente, quatro portas. O veículo alcançou um sucesso de vendas significativo no país, originando outros modelos como a Marajó (station wagon) e a Chevy 500 (pickup). 
Serviço: Studio Phoenix e Phoenix American Mex
Br 116, 6000 esquina com Rua Raphael Papa, 1600 Jardim Social - Curitiba.
Telefone: 41 3362-9275
Entrada Franca.

BATONS DAILUS COLOR PRA ARRASAR NO INVERNO

E essa boca aí? Dailus Color sugere batons para arrasar no Inverno 2017
Roxo, berinjela, vinho além do eterno vermelho, são os eleitos da estação

O clima frio típico dos dias de inverno inspira os mais diferentes looks: tem quem prefira apostar na sobriedade, com tons clássicos, tem quem invista na ousadia. Não importa o estilo, a Dailus Color tem o batom perfeito para arrasar na make. Confira abaixo os queridinhos da estação e escolha o seu:
Batom Matte Dailus ColorÓtima fixação, cobertura uniforme e efeito opaco. Cor sugerida: 54 Perigosa e em outras 32 cores.Preço sugerido: R$ 14,00 – 4 g.
Batom Líquido Nude Cada Um Tem o SeuO batom oferece 12 horas de fixação, cobertura extrema e hidratação, por conter agentes emolientes. Disponível nas cores: Bala de Leite, Rose, Crema, Rosa-Açaí, Morena, Caramelo, Puro Cacau e Cinza-Vinil.Preço sugerido: R$ 23,00.
Batom Coisas de Quem Ama Longa DuraçãoDesenvolvido com pigmentos intensos, que proporcionam alta cobertura e oferecem efeito opaco e matte, com uma tecnologia que não resseca os lábios. Cores disponíveis: 2 Rosa Êxtase (rosa-escuro), 4 Roxo Nostálgico (roxo-claro), 6 Vermelho Frisson (vermelho-marrom), 8 Marsalla Rústico (marrom), 10 Sangria Frutada (roxo-escuro) e 12 Nude Grey (marrom-nude).Preço sugerido: R$ 21,80 (a unidade) – 3g.
Batom Líquido 12 Horas Dailus PROFórmula que proporciona alta cobertura, secagem rápida e 12 horas fixação. O portfólio conta com 27 cores, sendo mattes e metálicos, variando entre os tons de laranja, rosa, vermelho, roxo e marrom.Preço sugerido: R$ 25,00 (a unidade) – 4,6g.
Os batons da Dailus podem ser encontrados nas versões líquida e cremosa (com efeito matte e brilhante), com preço sugerido a partir de R$ 14,00.
Os produtos podem ser encontrados em perfumarias e farmácias de todo o País, além do e-commerce do Bonita Club .
SAC – Dailus Color
(11) 2227-3333 | sac@dailus.com.br



LANÇAMENTO: ÁGUA MICELAR PARA PELE SAUDÁVEL

O UP! Pure face, da UP! Essênciafoi desenvolvido especialmente para a limpeza da pele do rosto. Com funcionalidade demaquilante, o produto vai além de apenas remover a maquiagem. Ele elimina as impurezas sem agredir ou irritar a pele, além de tonificar, purificar e hidratar. Ideal para peles sensíveis. 
Tecnologia Micelar - Solução com moléculas solúveis em óleo e água, que geram micelas que absorvem e eliminam as partículas de impurezas da pele. 
Benefícios: 
  • Remove maquiagem e elimina resíduos;                                          
  • Limpa a pele e os poros;
  • Purifica, tonifica e hidrata;
  • Ideal para peles sensíveis;
  • Não é necessário enxague;
  • Fórmula isenta de álcool; 
Preço sugerido: R$ 36,00
*Mais informações sobre a UP! Essência podem ser obtidas pelo (11) 2388-8268, das 9h às 18h. 
Sobre a UP! Essência - fundada no Dia da Mulher em 2007, a UP! Essência é a primeira empresa de marketing multinível a completar 10 anos no mercado. A empresa possui oito linhas de produtos de beleza entre perfumes, tratamento capilar, tratamento facial, corpo, higiene bucal, sabonetes, suplemento alimentares e nutracêuticos. 

quarta-feira, 26 de julho de 2017

SÁBADA DE CULTURA FRANCESA: AF PROMOVE ATIVIDADES CULTURAIS E GASTRONÔMICAS GRATUITAS

Sábado de cultura francesa: escola promove atividades culturais e gastronômicas gratuitas e abertas ao público

Os interessados poderão fazer testes de nivelamento na língua e concorrer a 18 bolsas de estudos


A Aliança Francesa realiza a segunda edição da Jornada Portas Abertas, neste sábado (29/07). Será um dia inteiro, das 9h30 às 19h, com programação cultural, gastronômica e pedagógica, tudo gratuito e aberto ao público.

Realizamos o primeiro evento em Março e o interesse do público foi grande, por isso, preparamos mais uma Jornada para receber as pessoas que não puderam vir antes, mas que têm interesse de conhecer a língua, a cultura e a gastronomia da França”, explica Dayana Belmont, gerente de marketing da AF Curitiba.

As atividades são variadas, estão marcadas, aulas experimentais de francês, pocket show com Lilian & Layane, duo que participou do The Voice Brasil, apresentação de teatro, degustação de espumantes Chandon, aulas de enogastronomia e palestras sobre literatura. Além disso, quem sempre quis estudar o idioma terá a chance de concorrer a 18 bolsas de estudo, seis integrais e 12 parciais, que isentam 50% da mensalidade.

Toda a programação acontece na sede da instituição, que fica na Alameda Prudente de Morais, 1101, divididas no Café Babette, Cozinha Gourmet, Midiateca e salas de aula.
A agenda completa e o formulário para inscrições estão no link http://www.afcuritiba.com.br/af/evento/jornada-de-portas-abertas/

Serviço: Jornada Portas Abertas Aliança Francesa
Quando: dia 29 de Julho, sábado, das 9h30 às 18h30
Quanto: gratuito
Aberto ao público
Onde: Alameda Prudente de Morais, 1101
Contato: 41 3223 4457. 

QUANTA DIAGNÓSTICO E TERAPIA INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES

MOMENTO SAÚDE E BEM ESTAR

Quanta Diagnóstico e Terapia adquire equipamentos inéditos no Paraná
Para oferecer as novas tecnologias de diagnóstico por imagem, a clínica ampliou sua estrutura e também oferecerá novos serviços de atendimento

A Quanta Diagnóstico e Terapia inaugura no próximo dia 27 de Julho, às 19h30, a ampliação de suas instalações. Foram investidos R$ 10 milhões em equipamentos inéditos no Paraná e na infraestrutura de novos serviços de atendimento. “Hoje, o que nós temos na clínica não deixa nada a desejar a qualquer outro centro diagnóstico nuclear no mundo. Nós temos o que há de tecnologia mais avançada para definir o melhor tratamento para o paciente cardiopata ou com câncer”, afirma o cardiologista João Vítola, diretor-geral da Quanta Diagnóstico e Terapia.
A estrutura física da clínica aumentou de 1.400m² para 1.800m², o que permitiu mais espaço para os novos aparelhos, novos consultórios, sala de espera mais confortável para os pacientes e mais vagas no estacionamento. Entre as novas tecnologias na clínica está o PET/CT MI DR 128, o primeiro da América Latina e um dos poucos em utilização no mundo. O equipamento é acoplado a uma máquina de tomografia tradicional com alta resolução e 128 canais, o que permite melhores avaliações diagnósticas. “Esse aparelho tem tecnologia de ponta e só existem outros 20 no mundo inteiro. Com um tomógrafo dessa potência e com essa capacidade podemos fazer avaliações também de angiotomografia para pacientes com doença cardíaca”, revela o médico nuclear Juliano Cerci, diretor do Serviço de PET/CT da clínica.
Outra novidade para melhorar o diagnóstico de doenças cardíacas é o equipamento Discovery 530, com detector sólido CZT, que realiza exames de cintilografia do miocárdio. Segundo o médico nuclear Carlos Cunha, diretor clínico da Quanta, o aparelho possibilita um ganho potencial na qualidade do exame. “Ele permite a imagem de perfusão miocárdica com uma dose menor de radiofármaco e fornece uma imagem com resolução melhor que a dos outros aparelhos”, explica.

Tecnologia e agilidade no diagnóstico
Usar a tecnologia para agilizar o resultado do laudo diagnóstico é uma preocupação da Quanta. Carlos Cunha ressalta que o tempo é crucial para alguns problemas cardíacos ou oncológicos. “Um dia a mais ou a menos no tratamento pode fazer diferença e na Medicina, nós trabalhamos com probabilidade. Quando há um exame com alterações importantes, isso significa que a chance de ter um problema grave é alta. Por isso, quando percebemos que existe algo que pode potencialmente levar o paciente a ter um infarto, por exemplo, nós discutimos a gravidade do caso com o médico encaminhador, antes mesmo que o laudo esteja nas mãos do paciente. Com isso, o médico já pode raciocinar e esquematizar qual a conduta que vai adotar”, esclarece.

Novo serviço para pacientes oncológicos
Além das tecnologias mais modernas para diagnóstico precoce de doenças, a clínica também passará a contar com um novo tipo de atendimento cardiológico para os pacientes com câncer: o serviço de Cardio-Oncologia. “A especialidade é fundamental para avaliar o paciente de maneira sistematizada, entendendo o que ocorre com o coração e orientando qual o melhor tratamento, tanto para a melhora do tratamento oncológico como também para lançar medidas de medicamentos que vão prevenir a ocorrência de doenças mais graves no coração durante a quimioterapia”, afirma o cardiologista Miguel Morita, diretor do Serviço de Cardio-Oncologia da clínica, que retornou recentemente a Curitiba após treinamento na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Equipe qualificada
Para utilizar corretamente os equipamentos modernos e com alta tecnologia é essencial ter uma equipe de profissionais qualificada. “Você precisa ter as duas coisas: um bom equipamento e uma boa equipe. Aqui, nós temos exatamente a junção dessas duas coisas. A segurança do resultado do exame depende da análise correta das informações. Afinal, se houver uma conduta errada, baseada em informações erradas, não haverá sucesso no tratamento”, reitera o diretor clínico Carlos Cunha.
O diretor do Serviço de PET/CT, Juliano Cerci, também comenta a importância da equipe de profissionais de saúde para o atendimento da clínica. “Ter um equipamento moderno sem profissionais qualificados é como ter uma Ferrari sem ter ninguém que saiba pilotar. A Quanta Diagnóstico e Terapia sempre teve uma equipe qualificada, com profissionais de diversas áreas, que mais do que realizar um atendimento conceituado, estão produzindo pesquisas e conhecimento científico para contribuir com a saúde mundial”, observa.

Pesquisas para a melhoria dos tratamentos
Investir em inovação também é pesquisar novos tratamentos e formas de diagnóstico. Por isso, a clínica tem o Departamento de Inovação, criado para a realização de diversos estudos nacionais e internacionais. “Nós somos um grupo gerador de conhecimento. Esse departamento existe, praticamente, desde o início da clínica e a partir desse grupo de estudos e pesquisas, nós temos ajudado a mudar paradigmas nos diagnósticos tanto do câncer quanto de doenças cardíacas, os focos principais da clínica”, ressalta o diretor-geral João Vítola.

Sobre a Quanta Diagnóstico e Terapia
Fundada em 2003, a Quanta Diagnóstico e Terapia está localizada na cidade de Curitiba e oferece exames de cintilografia, tomografia computadorizada com 128 cortes, angiotomografias coronariana e vascular, escore de cálcio, PET-CT, biópsias, tratamentos para câncer de tireoide e dor óssea no câncer. Conta também com o serviço de Cardio-Oncologia.

Com seu Departamento de Inovação conduz pesquisas nacionais e internacionais, participa do programa Vale do Pinhão, que apoia iniciativas inovadoras de empresas locais e, desde 2007, coopera com a Agência Internacional de Energia Atômica da ONU. Mais informações no site www.quantadiagnostico.com.br.

PROGRAMAÇÃO MUSICAL DO PHOENIX AMERICAN MEX Phoenix American Mex

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA do Phoenix American Mex

Començando já na Quinta-Feira (27) – Desde 2006 a banda curitibana TROUBLE MARY vem trazendo muito carisma e interatividade para o público que os segue e ainda mais os que acabam conhecendo.
Com o repertório da nata do Rock in Roll que vem desde 1960 a 2000 a Trouble Mary se torna a única em seu estilo feminino sexy e energético, preenchido por guitarras ardentes resultando versões musicais dinamicamente performadas.
Trouble Mary com sua versão original conta com 5 músicos com mais de 20 anos de estrada com influências gerando um “caldo” consistente com gosto suave ao mesmo tempo ardente.


Sexta-feira (28) -  A banda Boggie Jump Blues Bland é uma banda que busca apresentar os ritmos mais animados e dançantes do Blues! Tocando em Curitiba desde 2013 é formada por Barbara Ribas (vocal); Ciro Burgos (baixo); Fabiano Martini (guitarra); Fabiano Wunder (gaita e vocal); Rodolfo Burgos (bateria). Com uma proposta diferente do que normalmente se apresenta na noite Curitibana a banda tem no repertório grandes nomes do Blues que vão do Mississippi até Chicago, como Aretha Franklin, Koko Taylor, Etta James, Muddy Waters, Howlin' Wolf, Little Walter e outros. Tendo como diferencial, além de tocar os ritmos mais dançantes do Blues, tocar também músicas autorais tanto em inglês quanto em português.

Logo em seguida a Banda Georgia que surgiu com o nome Georgia Gump, em 2012. Ainda no papel, a ideia era montar um show que contasse a história do Soul na voz das mulheres. Georgia, nome feminino para representar as grandes divas, e Gump de “Forrest Gump”, o contador de histórias.
A vocalista, Marina Costa, e o baterista, Tancredo Pereira, iniciaram a busca por músicos que tivessem amor pelo estilo. De cara o guitarrista Zé Nelson foi cogitado e já entrou para o time. Foram 2 anos na busca de músicos que comprassem a ideia. Depois de muitos ensaios, em julho de 2014 a banda fez seu primeiro show: um tributo à Amy Winehouse, Joss Stone e divas do Soul.
Em 2016 simplificou o nome para Georgia, além de apresentar seu conhecido tributo, segue no estilo soul com pitadas de rock, pop e black, fazendo versões de grandes nomes como Aretha Franklin, Etta James, Tina Turner, Stevie Wonder, Bruno Mars, Beyonce, dentre outros.

Sábado (29) – Para mais uma apresentação com força total a Banda Delorean estaciona no Phoenix American Mex para uma super apresentação de tirar o folego e não deixar ninguém parado neste final de mês de julho, com performance inigualável Luigi Poniwass (Voz), Jordana Soletti (voz), Gus Piasecki (guitarra), Marlon Skrusinski (baixo), Deni Tedesco (bateria e samplers), prometem ser um show como nenhum outro que passou pelo bar.
Então, o que acha de vir dançar muito no estilo anos 80, 90, 2000 com músicas como essas que estão no repertório que inclui sucessos de grandes artistas e bandas do pop e do rock dessas três décadas, como por exemplo Michael Jackson, Madonna, Cyndi Lauper, The B-52’s, Bonnie Tyler, Erasure, Depeche Mode, A-ha, Roxette, Billy Idol, Van Halen, Midnight Oil, Ramones, The Cure e Bon Jovi nos anos 80; Nirvana, Pearl Jam.
Claro que nas Quintas e Sextas temos um happy hour com várias promoções que podem chegar até 50% de desconto em pratos e drinks especiais e ainda mais aniversariante tem super promoções para fazer da data especial uma super festa.

Serviço: Phoenix American Mex
Br 116 nº 6000 esquina com Raphael Papa, 1600 Jardim Social
Fone: 41 3362-9275 ou 41 99851-3900 (whats)
https://www.facebook.com/PhoenixAmericanMex/ 
 
Valores de entrada
Quinta-Feira: R$ 10,00 (entrada)
Sexta e Sábado: R$ 20.00 (Fem.) e R$ 25.00 (Masc.)
Com cartão do Disk
Ingressos tem desconto de 20% na consumação final.

MULA SEM CABEÇA ENCERRA FESTIVAL DE TEATRO INFANTIL BRINQUE

Terceira edição se despede com cerca de 8 mil expectadores e milhares de crianças carentes assistidas   

A história de Hortência, Margarida, Rosa e Violeta, mulheres de nomes de flores frágeis, porém bastante fortes, passa em uma cidadezinha fictícia do interior, a pacata Santa Cruz da Serra. Após a chegada de um novo padre, durante uma festa, as coisas começam a ficar estranhas e, no decorrer de uma semana, a vida dessas quatro mulheres mudarão para sempre, em uma adaptação cercada de leitura poética de uma lenda que diz que mulheres que desejam seguir o próprio desejo podem ganhar uma labareda de fogo no lugar da cabeça. A história se refere à montagem inédita de Mula Sem Cabeça, que encerra a temporada 2017 do “III Festival de Teatro Infantil Brinque – Folclore do Brasil”, que teve estreia em Março em Curitiba e apresentou cinco montagens inéditas.
Com realização do Ministério da Cultura e da Montenegro Produções Culturais, as apresentações acontecem nos próximos dias 29 e 30 de julho, no Teatro Bom Jesus, às 16 horas, e toda a renda da bilheteria será doada ao Hospital Pequeno Príncipe. 

Na nossa Mula Sem Cabeça, a encenação brinca, de modo fantástico, com a proporção de alguns personagens e situações, convidando a imaginação do público a criar este universo conosco. Esta adaptação inédita conta a história da cidade que toda quinta-feira à noite é assombrada por uma mula que, no lugar da cabeça, carrega uma labareda que aumenta a cada lua cheia”, conta Leo Moita, diretor e autor da peça. Para ele, o espetáculo se propõe a mais uma vez a investigar uma poética voltada ao público infantil. “Fazer teatro para crianças nos proporciona a chance de olhar uma pedra no chão e enxergar além dela, exercitar o olhar para ver um universo com infinitas possibilidades. É dar outras proporções ao mundo que nos cerca com a simplicidade do olhar infantil”, argumenta o diretor. Produzido pela Ruído Companhia de Teatro e Minha Nossa Companhia de Teatro, o espetáculo traz uma leitura poética para essa adaptação cênica. 

Sobre o III Festival de Teatro Infantil Brinque – Mais do que definir esta edição como um sucesso de público, que reuniu nada menos que 8 mil pessoas, pode-se afirmar que o Festival levou muita alegria a quem mais precisava. Através de uma parceria firmada com o Instituto Pró-Cidadania (IPCC), o Brinque recebeu um total de 1500 crianças carentes de Casas Lares em apresentações gratuitas. Além disto, assim como nas suas demais edições, o Festival levou as peças para dentro do Pequeno Príncipe em uma série de dez contações de histórias. As apresentações exclusivas foram realizadas duas vezes por mês na Praça do Bibinha, espaço cultural do Hospital, e também na Associação Eunice Weaver.
"Ao encerrarmos a terceira edição de um festival que retrata a cultura brasileira, seus personagens, sua música e seus sotaques, com sucesso de público e crítica, cumprimos a missão de não deixar nossa história morrer. Que iniciativas como essa possam inspirar muita gente a valorizar o que temos de mais bonito, a consumir o produto nacional e principalmente a ter orgulho de fazer parte desse país", finaliza Carolina Montenegro, da Montenegro Produções Culturais, empresa responsável pela criação e realização do Festival. Além disso, foram 150 pessoas envolvidas neste belo projeto, contando produção artística, técnica e de operação.   

SERVIÇO: Peça "Mula sem Cabeça"
Festival de Teatro Infantil Brinque – Folclore do Brasil
Data: 29 e 30 de julho (sábado e domingo) às 16h
Local: Teatro Bom Jesus (Rua 24 de Maio, 135 – Curitiba PR)
Valores: R$ 10 (válido para os 100 primeiros ingressos vendidos antecipadamente), R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 (inteira). Ingressos disponíveis na bilheteria do teatro apenas nos dias de apresentação das peças ou pelo Disk Ingressos (Loja Palladium e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação ou no site www.diskingressos.com.br).Informações:(41) 3315-0808/ 2105-4034.
                 Fotografia: Valterci Santos

BERNARDO BRAVO CONVIDA FELIPE CATTO PROJETO SESI MÚSICA

Edição de julho do SESI Música passa por Curitiba, no Teatro do Campus da Indústria
           Bernardo Bravo e Filipe Catto têm em comum o fato de serem dois jovens artistas a explorar toda a sua versatilidade sonora e, por que não dizer, cênica. Eles não se prendem a fórmulas tanto em suas escolhas musicais quanto em suas interpretações. Contribui com eles sua capacidade vocal, capaz de se encaixar em diferentes propostas. No projeto SESI Música de Julho, que tem por objetivo unir em um mesmo palco um artista local e uma atração de reconhecimento nacional, o carioca, radicado em Curitiba, e o gaúcho de Lajeado dividem a cena em um show emocionante no dia 29, sábado, às 20h, no Teatro Sesi Campus da Indústria

Provando ser um artista polivalente, depois de lançar o seu primeiro trabalho explorando somente voz e piano e conquistar assim o público parananense, Bernardo Bravo apostou em uma sonoridade diversa em seu segundo álbum. Ousou e não errou. Batizado de "Coyoh", a mais recente produção foi contemplada pelo prêmio Arte Paraná e figurou entre os melhores discos nacionais de 2016. Diferente da singeleza do primeiro CD intitulado “Arlequim”, no qual inspira-se em elementos da commedia dell’arte, o novo trabalho conta com um som mais pesado, com direito a banda de apoio (guitarra, baixo, bateria, teclado e sanfona) e referências da arte erótica japonesa.
 Diversidade equivalente também é manifesta no trabalho de Filipe Catto. Iniciou sua carreira artística voltado para a MPB, o samba e o tango moderno. Mas não parou por aí, no decorrer de sua trajetória explorou outros gêneros, como jazz, rock e o bolero. Sua voz é tão singular quanto suas composições, o contra-tenor é uma classificação rara, próxima à de Ney Matogrosso. Com esses diferenciais, conquistou diversos outros artistas nacionais. Já subiu ao palco com Maria Bethânia, Vanessa da Matta, Toquinho, Zélia Duncan, Arnaldo Antunes, Nando Reis, entre outros. Atualmente Catto divulga o seu álbum "Tomada".
No palco do Teatro Sesi Campus da Indústria, os artistas prometem mesclar seus repertórios cheios de autenticidade e exprimir a inquietude e a beleza de suas criações em um comovente encontro. Os ingressos custam R$ 20,00 (meia) e R$ 40,00 (inteira) e podem ser adquiridos pelo DiskIngressos.
  
Serviço: Projeto SESI Música – edição de julho
Bernardo Bravo convida Felipe Catto
Data: 29 de Julho, às 20h
Local: Teatro Sesi Campus da Indústria
Endereço: Rua Comendador Franco, 1341
Ingresso: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia)
Realização: Sesi Cultura.      

FABIO RABIN TRAZ NOVO SHOW A CURITIBA

O Stand up “Tô Viajando” terá apresentação única no Teatro Bom Jesus

Um ano após sua última vinda à capital paranaense, o comediante Fábio Rabin retorna à Curitiba com seu novo show “Tô Viajando”. Com apresentação única no dia 13 de Agosto, no Teatro Bom Jesus, o show foca nas experiências que o Stand Up Comedy proporcionou na carreira de Rabin em 10 anos de viagens dentro e fora do Brasil.

Fábio Rabin, que lançou recentemente “Sem Noção”, seu primeiro DVD de Stand UP Comedy, e também “Queimando o Filme”, o qual será disponibilizado pelo NETFLIX, tem lotado teatros e garantido boas risadas do público de todo o Brasil com o novo show. Além da viagem física, “Tô Viajando” também diz respeito às observações cotidianas de fatos que a olho nu poderiam parecer mundanos mas na cabeça do comediante se tornam uma viagem.

Como o show acontece no domingo do Dia dos Pais, a Agência Hausen, produtora do evento em parceria com a Rabin Produções, lançou uma promoção especial, na qual os papais que forem acompanhados de seus filhos pagam meia entrada. Para comprar na promoção, basta selecionar a meia entrada no site do Disk Ingressos no link do evento (http://www.diskingressos.com.br/evento/6339) ou nos pontos de venda.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

TÂNIA LEAL EXPÕE PINTURA NO IPO DA ÁGUA VERDE

O Espaço Cultural do Hospital IPO, recebe a exposição “Donna” de Tânia Leal

A artista Tânia Leal, realiza no espaço cultural do conceituado Hospital IPO na capital Paranaense, nesta semana, a mostra inaugura na terça-feira, dia 25/07, com o título de: exposição “Donna” e a curadoria de Eloir Jr. e Carla Schwab. A mostra faz parte do circuito cultural do segundo semestre e segue até 30/10/2017.

Sobre a mostra: DONNA
A natureza de seu gênero evidencia a paixão pelo universo feminino e ultrapassa os limites irreais, exterioriza-se nos bidimensionais de Tânia, e nascem do seu gestual as mais belas figurações desta artista mulíebre.

Munidas de sentimentos, estas mulheres podem ser bucólicas e apaixonadas, fortes e ao mesmo tempo sensíveis, pacientes e perseverantes, mas sempre mulheres, todas atemporais e filhas de Eva, e que representadas nas pinturas de Tânia, desfilam num pantone fauvista e transmitem toda a força e emoção do ser feminino.

Vestidas de tintas, estas “Belle Donne” interagem com a natureza, mobiliários, animais e acessórios que a vaidade ostenta, transportando ao cotidiano, cenas narradas em cores expressivas, o que nos dá a impressão de estar sentado ao seu lado aguardando a próxima palavra de uma boa prosa.

Colorido e descontraído é o universo pictórico desta artista, que elegeu o feminino como sua prima linguagem artística e coroa a alma das mulheres com criações ímpares.
Sobre a artista: Tânia Leal é natural de Londrina e radicada em Curitiba há mais de três décadas. Artista visual graduada há 40 anos pela UDESC em Florianópolis e Professora de pintura em seu próprio atelier. De lá para cá, participa de inúmeras exposições, salões de arte e mostras internacionais, tendo seu trabalho editado no Guia de Arte Contemporânea durante sua exposição no Carrousel Du Louvre em 2015. Tânia é figurativa e adora o universo feminino. “Pintar é minha libertação”, relata.

Serviço: Exposição: “Donna” da artista Tânia Leal
Local: Espaço Cultural do Hospital IPO
Visitação: 25/07 a 30/10/2017
Endereço: Rua Goiás, 60 - Água Verde - Curitiba - PR
Informações: 41 – 3314-1500.
Entrada Franca.

DANI BLACK EM CARTAZ NA CAIXA CULTURAL CURITIBA


A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 4 a 6 de Agosto, show do compositor, guitarrista e intérprete de grande potência vocal Dani Black. O carismático e bem humorado filho de Tetê Espíndola, traz ao palco seu segundo disco de estúdio, Dilúvio. O show já esteve em cartaz em diversas cidades brasileiras e de Portugal.

Fotografia: Paulo Bueno. 

Aos 30 anos, Dani Black é um criador inquieto. Parceiro de Zélia Duncan e Chico César, com músicas gravadas por Ney Matogrosso, Maria Gadú, Elba Ramalho, Tiago Iorc, Pedro Mariano e 5 a seco (grupo do qual fez parte), ele lançou seu primeiro álbum solo, chamado Dani Black, em 2011, disco de canções de amor.   

Dilúvio revela “um dilúvio de ideias, de mensagens, de sensualidade muitas vezes”, diz Dani. “É um disco espontâneo. Por mais que tenha sido feito minuciosamente, a parte orgânica, que sou eu, é muito espontânea.” A referência mitológica do dilúvio – da tempestade seguida da reconstrução – reflete um estímulo criativo.

“O dilúvio não quer ser bonito, é uma força da natureza. Então, é espontâneo, como só a natureza sabe ser, implacável e generosa ao mesmo tempo”, diz Dani. “Quero tirar o que tem de mais valor em mim, sou um cara visceral. E o que me toca, que naturalmente vai pra minha composição, é tentar furar as pessoas, mexer com elas e segurá-las até o final na mesma intensidade.

Quero que viajem nas imagens que estou propondo.” Sem dispensar importantes referências, ele deixa pegadas fundas no caminho suave, como só faz quem tem groove. O novo disco foi finalista na categoria de “Melhor Álbum POP” do ano no Prêmio da Música Brasileira 2016, o mais aclamado prêmio de música do país. Também foi contemplado com duas nominações ao Latin Grammy 2016.

“Dilúvio” foi indicado a “Melhor Álbum de Música Popular Brasileira” e sua canção “Maior”, que tem a participação de Milton Nascimento, recebeu a indicação de “Melhor Música em Língua Portuguesa”. Apesar das diferenças estéticas, Milton Nascimento e Dani Black se afinaram no aspecto humano e poético. Depois da participação de Milton nesse disco, Dani foi convidado a integrar os projetos “Mar Azul” (em que interpretou "Travessia”) e “Mil Tom” (cantando “Paisagem na Janela”) e o Teatro Mágico o chamou pra participar de seu álbum dedicado ao Clube da Esquina.

Serviço: Dani Black - Dilúvio - www.daniblack.com.br. | Local: Caixa Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba | Data: 4 a 6 de Agosto de 2017 (sexta a domingo).| Horário: sexta-feira e sábado, às 20h. Domingo, às 19h. Ingressos: vendas a partir de 29 de  Julho (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito Caixa). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura. Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h). Classificação etária: livre para todos os públicos. Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes).

sábado, 22 de julho de 2017

O OLHAR DE MICHELLE BEHAR EM EXPOSIÇÃO DE HOMENAGEM

ARTISTA PLÁSTICA MICHELLE BEHAR É HOMENAGEADA COM EXPOSIÇÃO
O evento será realizado na Casa da Cultura Polônia Brasil, é uma homenagem à artista, nascida na Guatemala e naturalizada brasileira, que faleceu em Junho deste ano.


Foi em meio a muitos pássaros, peixes, gatos e cores que Michelle Behar revelou sua habilidade de artista plástica, ilustradora e gravadora. No sábado, dia 29 de Julho, uma pequena mostra de suas obras poderá ser apreciada em uma exposição realizada em sua homenagem. “O Olhar de Michelle Behar – homenagem à artista”, que reúne gravura, pintura, cerâmica e poesia de seu acervo pessoal.
A exposição foi organizada pelos seus filhos, Daniel, André e Débora Behar, a mostra vai ser realizada no mesmo dia em que a artista completaria 62 anos. “Minha mãe nunca se prendeu a padrões e isso era percebido claramente em sua arte. Seu traço era único e as emoções transcendiam as mídias com as quais trabalhava. Seja na gravura, pintura, cerâmica, ou mesmo na arte digital, era possível perceber os sentimentos ali presentes. Uma arte livre, por uma artista livre”, define André Behar Ribeiro.
Nascida na Guatemala e naturalizada brasileira, Michelle imprimia em suas obras grande dose de sentimento e defendia que a essência de sua arte era o amor e todo o seu poder transformador. Uma de suas grandes amigas, a também artista plástica Márcia Széliga, expressa com muito carinho o que Michelle representava: “Falar da arte de Michelle é falar da pessoa que ela foi e do quanto seu trabalho revelou o caráter de sua alma. Sorridente e de bem com a vida, era de uma generosidade ímpar. Sempre disposta a ajudar, seja pelos caminhos da arte ou na vida de cada pessoa, seu abraço era acolhedor. Sua distribuição de amor e alegria era farta, seu olhar de ternura trazia compaixão e sabedoria. Para ela, não havia tempo ruim, nem mesmo nos momentos mais difíceis”, relembra


Sobre a artista
Michelle Behar veio para o Brasil em 1975 e se naturalizou brasileira. Estudou Belas Artes na Universidade San Carlos de Guatemala e na Escola de Belas Artes de Genebra, na Suíça. Fez cursos de Gravura, no Museu Lassar Segal, em São Paulo-SP, e no Solar do Barão, em Curitiba - PR, e de Pintura Digital. Além disso, orientou cursos de Gravura em Linóleo e Litografia no Atelier de Gravura do Solar do Barão, ministrou cursos de extensão de Gravura, na Universidade Federal do Paraná, e cursos particulares de Pintura em Computador.
Suas obras estiveram em mostras individuais e coletivas de diversas partes do mundo, como Guatemala, Brasil, Estados Unidos, Cuba, El Salvador e Nicarágua. Alguns de seus trabalhos integram o acervo do Museu da Gravura, em Curitiba-PR, e do Museu Colméia, em Lages-SC. Entre as diversas curiosidades sobre sua carreira está o fato de uma de suas obras de Litografia integrar a coleção particular de Walt Disney.

Serviço: Exposição “O Olhar de Michelle Behar – homenagem à artista”
Data: 29 de Julho de 2017 (sábado)
Horário: das 18 às 21 horas
Local: Casa da Cultura Polônia Brasil
Rua Ébano Pereira, 502 - Centro, Curitiba - PR
Entrada Franca.