quinta-feira, 18 de junho de 2015

TARSILA DO AMARAL, CECÍLIA MEIRELES E TOM JOBIM BRINCANDO NO MESMO QUINTAL


Cia do Abração e Céu Vermelho unem grandes nomes da cultura nacional em espetáculo para crianças

O espetáculo “Histórias brincantes de muitos amigos” narra com poesia, harmonia e muita delicadeza, a história da infância de três nomes da arte brasileira: Cecília Meirelles, Tarsila do Amaral e Tom Jobim. A peça é produzida pela Céu Vermelho em parceria com a Cia. do Abração. O texto não apresenta dados históricos e muito menos biográficos, passeia pelo que chamamos de “brincante”, junção de linguagens, poesia, artes visuais e música, ferramentas para construir o teatro para crianças de todas as idades.
A diretora musical Karla Izidro comenta que a criação dramatúrgica da música se dá nesse espaço, brincante, a lógica é seguir a expansão desse universo que vai se criando em cena. “Por vezes a música marca o ritmo dos acontecimentos, em outros momentos é a natureza falando, em outros é a voz que esclarece a personagem, que fala com ela que expõe seus motivos ou sentimentos através de canções. O pensar nisso é como uma criança que entra na brincadeira, mas leva a sério a brincadeira” acrescenta Karla Izidro.

Cada instrumento tem seu papel, a flauta transversal é o sabiá que acompanha as crianças em sua jornada, o violão é o companheiro de Tom, o cello marca os movimentos da natureza assim como a percussão, a voz é como uma entidade ou a própria voz interna das crianças que se comunica com elas e as lembra quem são. Segundo a diretora musical, a construção sonora buscou inspiração nesses personagens da arte brasileira e faz referência ao legado musical de Tom, mas não é uma cópia purista, assim como na poesia de Cecilia e nas cores de Tarsila.

Dessa forma acontecem os arranjos das músicas e o músico que entra nesse jogo tem que gostar de brincar porque nem sempre a lógica seguida é a estritamente musical. Alguns arranjos foram coletivos a partir da imagem que trazia dos ensaios, em outros a partitura estava lá, mas sempre seguindo a lógica da cena, nesse caso a música está a serviço, ou melhor, brincando com o teatro.

O espetáculo tem o incentivo pela Lei Municipal de Incentivo a Cultura de Curitiba e o Positivo, que tem histórico de apoiar os projetos da Cia do Abração à longa data.

Histórias brincantes de muitos amigos” teve estreia no passado dia 11 de Junho e teve lotação esgotada no último final de semana. As apresentações acontecem até 28 de Junho, na Sala Simone Pontes, na sede da Cia. do Abração, com apresentações sábados às 16h e domingos às 11h e às 16h. Ingressos a R$ 10 e R$ 5. Reservas pelos telefones: (41) 3362-9438 e 3362-9595.

Karla Izidro é cantora, compositora e preparadora vocal. Recebeu o prêmio de melhor composição para teatro no Festival de Monólogos e Música Original. Trabalhou para a Cia pessoal de Teatro do Mato Grosso, Tato Criação Cênica e a Cia do Abração. Em 2013, recebeu o Troféu Gralha Azul de teatro do Paraná de melhor com a melhor composição musical para a peça O Olhar de Neuza da Cia do Abração.

Céu Vermelho e Cia. do Abração
O espaço cultural da Cia. do Abração comemora neste ano 14 anos de atividades, junto a Céu Vermelho. A noção “teatro para todas as idades” vem sendo investigada por ambas, com o intuito de promover um teatro sem fronteiras de idades. Propor um estado que seja sensível a compreensão da arte a partir da infância.

Nenhum comentário: