terça-feira, 22 de julho de 2014

WILLIE WALKER ABRE O III FESTIVAL NO IMPROVISO – JAZZ & BLUES EM CURITIBA

Willie Walker foto de: Doug Knutson

“Ícone da soul music americana, que vem pela primeira vez ao Brasil, inaugura no próximo dia 7 de Agosto, a terceira edição do evento que será sediado no Teatro Bom Jesus”.

Uma das lendas da soul music americana, Willie Walker, que vem ao país para sua primeira turnê em solo verde-amarelo, desembarca em Curitiba, no próximo dia 7 de Agosto, para a estreia da terceira edição do “Festival No Improviso – Jazz & Blues”. Com realização da Montenegro Produções Culturais, a apresentação do artista será realizada no palco do Teatro Bom Jesus (Rua 24 de Maio, 135), às 21horas, com participação especial de Igor Prado Blues Band e Sabrina Blues Mendes.

“Promovido desde 2012, o Festival No Improviso – Jazz & Blues cumpre seu papel ao fortalecer a cena local e democratizar o acesso do público a eventos que trazem a sonoridade da improvisação e o intercâmbio de várias escolas no palco”, destaca Carolina Montenegro, idealizadora do projeto.

Nos anos 70 fez parte da banda Willie & The Bumblebees, do cantor Willie Murphy, onde gravou alguns singles para a Chess Records, gravadora que possuía em seu casting artistas de peso como Muddy Waters, Bo Didley, Chuck Berry e Etta James.

Em 1987, ingressou na banda "The Butanes", onde trabalhou com o bluesman John Lee Hooker, além de outras lendas como James Carr, Earl King, Pinetop Perkins, Ben E. King & Rosco Gordon. A partir de 1997, Willie foi redescoberto na Europa e no Japão e relançou seus antigos trabalhos, voltando a cena musical com força total.
Igor Prado, que participa pela terceira vez do Festival No Improviso, é dono de um estilo um pouco diferente de tocar. Autodidata e canhoto aprendeu virando uma guitarra de destro de cabeça para baixo - um canhoto que toca com as cordas invertidas do instrumento. Aprofundou-se na linguagem do Blues tradicional e West Coast Swing, estilo que mistura o blues com elementos do Swing, famoso movimento de jazz dançante dos anos quarenta.

O guitarrista tem em sua bagagem diversas excursões com renomados artistas americanos como Steve Guyger, R.J Mischo, Mark Hummel, Rick Estrin (Little Charlie & Nightcats), Lynwood Slim, J.J Jackson, James Wheeler, Phil Guy (irmão do lendário Buddy Guy), Mud Morganfield (Filho do lendário Muddy Waters) e Bob Stroger (baixista da banda de Muddy Waters).

Em dezembro de 2010, se tornou o único músico sulamericano da história a figurar pelo TOP-10 (álbuns mais executados nos EUA - Living Blues Chart), na segunda posição, ao lado de artistas como Buddy Guy, Junior Wells, Robert Cray entre outros. Igor Prado, hoje, é considerado pela crítica Norte-Americana e Europeia como um dos maiores nomes da nova geração do Blues. "Toda a concepção do projeto é realizada com cuidado pouquíssimo visto aqui no Brasil e olha que já tocamos praticamente em todos os cantos do país, parabéns a toda produção que está tornando esse evento algo único”, destaca o músico.

Sabrina Blues Mendes 
Buscando uma sonoridade agradável, diferenciada e genuína dentro de dois grandes gêneros musicais, a cantora de blues e jazz, Sabrina Blues Mendes já participou de alguns festivais, entre eles, o Festival No Improviso - Jazz & Blues. A interpretação original de cada clássico, com suas “blue notes”, criam uma atmosfera envolvente que conduz os convidados diretamente ao universo vibrante e intenso do Blues e do Jazz.

A realização da terceira edição do Festival No Improviso Jazz & Blues conta com apoio de parceiros como: Personalize Turismo, Teatro Bom Jesus, FAE, Gráfica Comunicare, Empório Fitness Estúdio de Treinamento Individualizado, Editorial Design, Rádio Transamérica, Lucas Costa Photography, Ernesto Ristorante, C’est Si Bon Empório Café e Connectnet.

Nenhum comentário: