A SBÓRNIA KONTR’ATACKA NESTA SEMANA EM CURITIBA

Após TANGOS E TRAGÉDIAS, mais um espetáculo sborniante entra em cartaz.
Os que pensavam que esta história tinha se “stancado”... estavam enganados!  Músicas do TANGOS & TRAGÉDIAS foram recicladas em novas músicas e novos números

Lançado em 2016, o projeto "A Sbørnia Køntr'Atacka" chega agora em Curitiba para apresentações no Guairinha. Sublinhando os grandes encontros que a vida pode proporcionar, Hique Gomez e Simone Rasslan se afinaram tanto no palco que resolveram assumir a parceria na condução do futuro na diplomacia Sbørniana. Neste final de maio, nos dias 26, 27 e 28, "A Sbørnia Køntr'Atacka" na capital paranaense, em meio a muitas descobertas.  

Kraunus descobriu, por exemplo, que Simone Rasslan é na verdade NABIHA, a grande pianista e cantora sbørniana formada pela Libertok Universitik de Musik da Sbørnia(mesma universidade do Maestro Pletskaya). Por isso os dois sobem ao palco preservando toda a cultura do Teatro Hiperbølico. 

Na vida, Simone é pianista, maestrina, cantora e atriz. Por muitos anos, ao lado da cantora Adriana Marques (que faleceu em 2008), levou aos palcos o show Rádio Esmeralda AM, que tinha a direção de Hique Gomez. O espetáculo Rádio Esmeralda AM foi muitas vezes considerado “O Tangos de Saia” devido a sua capacidade musical, humor refinado, e também por ser um universo encantado. Simone e Adriana, por diversas vezes fizeram participação no show TANGOS & TRAGÉDIAS, e assim ela se mostrou a escolha natural para esta nova aventura sborniante.

O adeus ao Maestro Pletskaya -  Maestro Pletskaya voltou para Sbørnia em caráter definitivo. Nico Nicolaiewsky deixa os palcos da arte e da vida vítima de uma leucemia. Uma consternação geral se abate no universo já disseminado da Sbórnia no Brasil. Os seguidores do TANGOS & TRAGÉDIAS se sentem órfãos subitamente e os amigos do Nico custam a acreditar nesta tragédia.
Após momentos de homenagem e celebrações ao Nico e a arte que ele sempre representou tão bem, seu fiel parceiro, seu amigo e companheiro, o violinista Kraunus Sang, olha para o horizonte do Guaíba no momento do pôr do sol, lembra do Maestro cantando “Deu pra ti Baixo astral...” e fala: “Esta história não se Stanka por aqui!”, e nasce então "Sbørnia Køntr'Atacka".

Entre as novidades do espetáculo está a maior (e única) companhia de comunicação sbørniana, a "Radio-TV Filzak", que entra no ar para transmitir a final do campeonato de MachadoBoll, esporte predileto da Sbørnia. Trechos do premiado longa-metragem de animação "Até que a Sbørnia nos Separe", (direção de Otto Guerra e Enio Torresan), que ainda está circulando pelos canais a cabo HBO e Cinemax, também serão projetados no contexto da nova história. No repertório seguem alguns clássicos do Tangos e Tragédias e novas canções do principal compositor Sbørniano, Cláudio Levitan. O “Gran Finale” rua à fora do teatro está garantido. Aliás, esta é uma tradição que promete se estender até o final dos tempos.

A Sbórnia - A Sbórnia é uma ilha flutuante, que se desgrudou do continente após sucessivas explosões nucleares mal sucedidas. Há cerca de 33 anos, a Sbórnia, que vive desgarrada pelos mares do mundo, estava de passagem pela Região Sul do Brasil. Foi neste momento, que o Maestro Pletskaya e Kraunus Sang, aproveitaram a oportunidade e partiram para a missão de serem embaixadores da Sbórnia e difundirem a cultura sborniana em novos territórios. Alguns dizem que foram exilados, outros que foi um auto-exílio, ou então que ambos foram expulsos e, ainda, que foram honradamente enviados com o tal propósito. 
O que se sabe, é que por volta do ano de 1984, eles deixaram o Atlântico Sul e entraram no continente brasileiro pelas águas do Rio Guaíba. “Atrakaram” em Porto Alegre. No início do seu processo de divulgação da cultura sborniana, atraíram a atenção de poucos comuns. Mas, com o passar do tempo este número foi crescendo e tomando corpo, até se transformar em uma multidão de seguidores. 
O principal orgulho da Sbórnia é a recicla Gran Ritchibuten, uma grande lixeira cultural, onde são depositados antigos sucessos da música, que foram sendo descartados. Os sbornianos reciclam estes sucessos quase esquecidos e dão novo brilho, deixando-os como novos. Neste processo, por mais de 30 anos, apresentaram para gerações sucessos de Vicente Celestino, Alvarenga e Ranchinho, The Police, Villa Lobos, Titãs e tantos outros. Além disso, passaram a divulgar traços característicos de sua pátria natal, como sua dança típica “O Copérnico” e também o hino exaltação “A Aquarela da Sbórnia”.

Serviço: A SBÓRNIA KONTR’ATACKA
Data: 26, 27 e 28 de Maio 
Horários: Sexta e Sábado, às 21h e domingo às 19h
Local: Teatro Guairinha (Rua XV de Novembro, 871)
Informações: 41 3304-7982
Ingressos à venda pelo Disk Ingressos. Sexta: R$ 80,00 Plateia e R$ 60,00 balcão.
Sábado e domingo: R$ 100,00 Plateia e R$ 80,00 balcão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

YOUTUBER REZENDEEVIL LANÇA LIVRO EM CURITIBA

SHOPPING PALLADIUM INICIA CAMPANHA DE DIA DAS CRIANÇAS COM BRINDE EXCLUSIVO

MASTER VENCE PROFISSIONAIS DO ANO NA CATEGORIA CAMPANHA REGIÃO SUL