sexta-feira, 26 de maio de 2017

OS SENTIMENTOS SOB O OLHAR DAS CRIANÇAS

Novo projeto de incentivo à leitura surpreende pelas expressões, palavras e desenhos que crianças utilizaram para descrever o que sentem

Antes de escrever o Dicionário Ilustrado de Sentimentos, seu 4º livro infantil, Fernanda Salgueiro conversou com muitas crianças. Ela esteve em diversas escolas, bibliotecas, ONGs e no Hospital Pequeno Príncipe (HPP) - que atende crianças do Brasil todo - para realizar oficinas de desenho, pintura e colagens. Enquanto as crianças produziam desenhos, a autora teve a oportunidade de ouvir o que os pequenos tinham a dizer sobre os sentimentos. O resultado é uma lista de 39 emoções explicadas sob o ponto de vista infantil e reunidas no Dicionário Ilustrado de Sentimentos, livro que será lançado no dia 10 de Junho em Curitiba, na Biblioteca Pública do Paraná.


Neologismos, percepções, metáforas, sensações, enfim, na simplicidade da criança a explicação para o mundo complexo do sentir. Ao ouvi-las e ao avaliar suas manifestações em desenhos, o projeto foi tomando forma, incorporando novas ideias, e a cada oficina novos sentimentos surgiram. Adjetivos, substantivos, verbos e até interjeições foram usados para falar de seus próprios sentimentos.

Percebi que eu não poderia limitar a escolha das palavras usando a classificação formal da língua portuguesa. E quando entendi isso, um novo horizonte se abriu. Uma criança perguntou se ‘chorar é sentimento’. Outra disse com muita certeza ‘sentimento é aquilo que arrepia’. Como eu poderia dizer que elas estavam erradas?”, reflete Fernanda. Em oficina no HPP, uma criança definiu urgência como sentimento e explicou: “urgência é quando não dá para esperar. E estou com urgência para comer”. Depois a autora soube que a criança estava em jejum para fazer um exame e, por isso, a urgência passou a ser também um sentimento, como ela revela no livro.

O olhar do ilustrador
André Mendes, artista plástico, foi convidado para integrar o projeto e deu vida às ilustrações que retratam os diversos sentimentos apresentados no livro. A simplicidade foi a sua inspiração, com destaque para a expressão da boca e dos olhos nos desenhos feitos pelas crianças, muito fiéis aos seus próprios relatos. É assim que ele percebeu a forma gráfica como os pequenos representam o sentimento. “Existe uma pureza na criança. Ela não sabe porque está fazendo aquilo, é totalmente espontâneo e o resultado é lindo. Isso foi inspirador. Nos desenhos das crianças, vi uma pequena rotação dos olhos, uma pequena diferença na linha da boca e isso já mudava o sentimento. Essa habilidade natural da criança é muito legal, existe uma entrega nesse momento”, comenta André.

Sinopse
O Dicionário Ilustrado de Sentimentos é um projeto de incentivo à leitura, viabilizado pela Lei Rouanet, que envolveu crianças em diferentes cidades, proporcionando aos meninos e meninas o acesso à arte e a possibilidade de participação na primeira etapa de produção e concepção de um livro. Construir em conjunto foi o que norteou seu desenvolvimento em oficinas presenciais e, desde 2016, com página no Facebook, aproveitando a rede social para coletar inspirações que também foram usadas nas ilustrações.

O livro infantil conta com uma ilustração para cada sentimento e elas se complementam em um fio condutor para que os pequenos leitores percebam como os sentimentos estão presentes no dia a dia. Assim cada verbete passa a ser também um momento de descoberta e observação. Estão presentes novas palavras ditas pelas crianças como ‘bugado’, ‘jururu’ e ‘zoado’, e novas interpretações para sentimentos como nada e alívio. Palavras que significassem sentimentos e que começassem com letras como Q e X foram garimpadas e também estão na obra. O projeto é patrocinado pelas empresas Multilit, Michael Page e Nórdica Veículos S/A, e tem apoio do Hospital Pequeno Príncipe.

Em fase final de produção, o Dicionário Ilustrado de Sentimentos será lançado no próximo mês e a autora acredita que presentear as crianças com a obra é um importante forma de incentivar a leitura e ampliar o acesso ao livro. Por isso, a obra não será vendida e sim doada a diversas crianças e instituições, assim como foi feito com os livros anteriores de Fernanda Salgueiro. “Convido o leitor a mergulhar neste universo dos sentimentos. Mas antes faço um pedido muito especial: por favor, leia com o coração, pois é lá que todo sentimento, de gente grande ou pequena, nasce”, recomenda.

A autora 
Fernanda Salgueiro decidiu, aos 12 anos, que queria ser escritora. Mas, como acontece com algumas pessoas quando crescem, acabou se esquecendo desse desejo e estudou Administração, na Universidade Federal do Paraná. Ainda bem que a vida é esperta e deu um jeito de lembrá-la sobre os planos da infância. Depois de algumas reviravoltas, estudos e reaproximação com o mundo das palavras, Fernanda lançou, em 2013, seu primeiro livro, Bichonário. Depois vieram Fada de Botas e Fada de Botas e o Menino Adormecido, em 2014 e 2016, respectivamente. A autora, além de escritora, é consultora de marketing, tem um filho e um sonho: contribuir para que cada vez mais crianças possam ter acesso à leitura no Brasil. Nasceu em Campo Grande (MS) e mora em Curitiba há mais de 25 anos. 

O ilustrador 
André Mendes expressa seus sentimentos por meio do desenho desde muito cedo. Nascido em Curitiba, no ano de 1979, aos 6 anos já afirmava ser desenhista. É formado em Design Gráfico pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e especialista em desenho artístico pelo Institut Superior de Disseny y Escola de la Imatge - IDEP, Barcelona, onde viveu por 3 anos. Desenhando, pintando e criando novas formas de ver o mundo, hoje André tem em seu currículo diversas exposições nacionais e internacionais.
 
Serviço: Lançamento de: Dicionário Ilustrado de Sentimentos
Lançamento com distribuição gratuita do livro e sessão de fotos e autógrafos
Quando: 10/06/2017 (sábado), às 10 horas
Onde: Biblioteca Pública do Paraná
Endereço: Rua Cândido Lopes, 133, Centro, Curitiba - PR
Telefone: (41) 3221-4900
Evento no Facebook: https://goo.gl/fh2Y0q 

Nenhum comentário: