terça-feira, 2 de dezembro de 2014

A TRADIÇÃO POÉTICA NO CANTO E MÚSICA DE RENATA ROSA

A cantora, rabequeira, percussionista, compositora, poetisa, pesquisadora  e atriz Renata Rosa tem em dezembro um desafio. Apresentar-se sozinha no palco, sem músicos a acompanhá-la. Atração da Série Solo Música em Dezembro, Renata se apresenta em Curitiba em 9 de Dezembro, terça-feira, ás 20 horas. Na segunda-feira, 8 de Dezembro, às 15 horas, também na Caixa Cultural, Renata  realiza workshop de canto com entrada livre.

Para Renata Rosa o show tem em termos de canto, sons, ação, “o poder, a força e a singeleza capaz de convidar ao mundo imaginário dos Sonhos”. “O Universo desse solo é um universo de encontros poéticos. As composições e improvisações têm em sua base uma influência forte da linguagem poética e musical dos cocos, cirandas, cantos de trabalho, Jurema, polifonias vocais caboclas, que estabelecem um profícuo diálogo com minhas influências de músicas do médio-oriente e da música clássica. O canto sinuoso e polifônico, a rabeca, percussões finas, trupés, a poesia serão os meus meios por onde desaguar a força inspiradora da música, e que a arte assuma seu sentido eminentemente ritual”, explica a cantora e instrumentista.  “É show de encerramento da temporada com a força e beleza da cultura popular”, enfatiza o produtor Alvaro Collaço, encantado com a presença de Renata Rosa na Série.
Escolha
Nascida em São Paulo, Renata Rosa descobriu sua linguagem musical na adolescência quando foi residir em Recife. Apaixonou-se pela música tradiicional pernambucana e o som da rabeca de Luiz Paixão, que tornou-se seu mestre. O canto sinuoso e polifônico dos índios do Baixo São Francisco, o universo poético-musical da Mata Norte de Pernambuco e o interesse pela música do Norte da África, do Oriente Médio e da Península Ibérica compõem o mosaico de referências.

Seu disco de estréia, “Zunido da Mata”, recebeu prêmios importantes como o “Choc de L’Année”, do “Le Monde de la Musique” e críticas favoráveis nas publicações francesas “Coup de Couer”, “Bravo!”  e “5 Etoiles”. Por “Mantos dos Sonhos”, o segundo disco, recebeu o Prêmio da Música Brasileira de Melhor Cantora Regional. Desde 2003, Renata Rosa á realizou mais de 190 concertos na Europa, com destaque para sua apresentação no Museu do Louvre, Théâtre de la Ville e Théâtre des Bouffes du Nord (Paris) e Sala Flagey da Filarmônica de Bruxelas. Em 2014, além de nova turnê pela França, dividiu palco com Emily Loizeau, no MIMO 2014, em Olinda, Pernambuco. .
É atriz, tendo trabalhado com o diretor iraniano Massoud Saidpour (New Worlds Laboratory of Performances). Foi a protagonista feminina Maria Safira, da minissérie “A Pedra do Reino” (TV Globo-2007), dirigida por Luiz Fernando Carvalho.

A apresentação de Renata Rosa dentro da Série Solo Música, em 9 de Dezembro, ás 20 horas, tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal e é uma realização de Alvaro Collaço Produções. Ingressos a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) podem ser adquiridos na bilheteria da Caixa Cultural, na Rua Conselheiro Laurindo, 280. Informações pelo telefone 2118-5111.

Nenhum comentário: