segunda-feira, 17 de novembro de 2014

HOSPITAL MARCELINO CHAMPAGNAT COMPLETA TRÊS ANOS


Ao completar o terceiro ano de atuação, neste dia 17 de Novembro,  o Hospital Marcelino Champagnat tem vários motivos para comemorar. A instituição de saúde mais jovem de Curitiba já se consolida como referência em atendimento de alta complexidade clínica e cirúrgica na região sul do país. Com uma equipe médica composta por, aproximadamente, 700 especialistas, o hospital conta com os mais modernos equipamentos, salas cirúrgicas inteligentes com suporte para telemedicina, UTI Geral, Unidade Coronariana e Neurovascular com padrão e qualidade internacionais.

Referência em clínica médica, cirurgia geral, traumo-ortopedia, cirurgia cardiovascular, neurocirurgia, cirurgia bariátrica, entre outros, atualmente o hospital atinge mais de 12.000 atendimentos por mês, sendo 700 internamentos, 5.000 no pronto atendimento, 1.400 no centro de diagnóstico e realizando 5.300 consultas e 650 cirurgias, além de empregar 400 profissionais que atuam diretamente na assistência à saúde, hotelaria e segurança. Em 2014 o hospital se solidificou como assistência de qualidade ao ser referência em atendimento durante eventos importantes como a Copa do Mundo da FIFA, o Campeonato Mundial de Karatê e o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, além de ser o responsável pela Confederação Brasileira de Canoagem que está em Curitiba se preparando para as olimpíadas no Brasil em 2016.

Para o Diretor Geral, Claudio Lubascher, a principal evolução da instituição é ter conquistado o mercado, mesmo com pouco tempo de atuação “A consolidação como hospital de referência, com apenas 3 anos, é o reflexo do excelente trabalho que vemos desenvolvendo”. No mesmo ano, a instituição conquistou nota máxima em avaliação realizada pela UNIDAS - União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde. Avaliado na categoria de alta complexidade, o HMC recebeu nota A e foi o pioneiro no exame em que analisou os recursos físicos, humanos, materiais, normas, rotinas e indicadores de uma instituição de saúde. Além disso, este ano o hospital implementou a plataforma Tasy, sistema que unifica os processos de gestão e fluxo de informações, um dos mais completos softwares para gestão de saúde do mercado.

 Integrante do Grupo Marista, o hospital possui a premissa do atendimento humanizado e carrega valores do grupo, como presença significativa e espiritualidade. Para isso, uma área voltada exclusivamente à receptividade e bem-estar do público atendido foi estabelecida. Mais do que prestar o atendimento por decorrência da internação, o Núcleo de Hospitalidade se compromete a entender as diferentes necessidades de cada paciente, seja com um cardápio preparado pelo renomado Chef Celso Freire, respeitando as restrições alimentares, ou atendendo aos pedidos relacionados à espiritualidade e crenças. Além disso, a instituição oferece aos pacientes e acompanhantes novas perspectivas para o tratamento médico.

Com foco na humanização, o HMC conta com um espaço para exposições, que reúne obras de artistas consagrados, levando arte ao ambiente hospitalar. Em 2013 o hospital inaugurou a Unidade de Tratamento Intensivo especializada em Cardiologia e Neurologia, com investimento superior a R$ 2,5 milhões. Com dez novos leitos, a unidade é altamente tecnológica e alinhada aos mais modernos conceitos de arquitetura hospitalar e conta com atendimento especializado 24 horas por dia. No mesmo ano, a instituição se associou à Associação Nacional dos Hospitais Privados – Anahp.

Para o próximo ano, o hospital pretende continuar investindo nas parcerias com os públicos interno e externo para prosseguir com o trabalho de excelência que vem desenvolvendo. “O hospital vai dar continuidade ao tratamento diferenciado para todos os públicos, com o objetivo de preencher as lacunas que o modelo tradicional propicia e para reescrever o cenário da saúde do estado do Paraná”, conclui Lubascher.

Nenhum comentário: