quarta-feira, 1 de abril de 2015

ESCRAVAGINA COM MAITE SCHNEIDER EM CARTAZ

           
Escravagina é a mais nova produção da Rainha de 2 Cabeças, grupo criado e dirigido pelo autor Cesar Almeida que esse ano completa 30 anos, comemorando com o lançamento de seu terceiro volume “O teatro da rainha de Duas Cabeças- vol 3”e com o espetáculo “Na saída do teatro depois da apresentação de uma nova comédia” com absoluto sucesso e agora para encerrar o ano a produção de seu texto ainda inédito e especialmente escrito para a atriz Maite Schneider, intitulado “Escravagina”. Nesse espetáculo a atriz reflete sobre sua própria condição de self made woman, ou seja uma artista que trabalha seu corpo e sua própria realidade de acordo com seus princípios de liberdade invidual. Um novo conceito de mulher. Uma mulher trans-humana. Uma afrodite dos tempos modernos. Uma artista do seu tempo que não se limitou às teorias e buscou na prática a sua possibilidade de libertação. Uma artista que mescla realidade e ficção ao seu cotidiano, transformando-o em pura arte.
            
Nesse espetáculo solo ela busca romper com seus próprios preconceitos expondo-se ao máximo, transformando suas limitações em alvos a serem ultrapassados. Exposição total da figura humana retrabalhada em tempos onde a liberdade de expressão é confrontada com o fundamentalismo galopante. Num momento histórico em que ações afirmativas são cada dia mais necessárias para vencermos a nova onda de preconceitos assumidos pela sociedade retrógrada em que vivemos. Nesse período histórico onde a “direita descomplexada” vai cravando suas garras em nossa sociedade, disseminando o ódio à diversidade, o caráter afirmativo da cultura LGBT se faz cada dia mais necessária, no sentido da ocupação de seu espaço público para a legitimação de seus direitos e cidadania. Liberdade de expressão e direitos iguais. Maite que sempre foi uma ativista, transforma agora seu ativismo em espetáculo.

           
Em “Escravagina” Maite desnuda-se de corpo e alma. Tira a roupa para mostrar sua alma e suas inquietações, experimentando seus limites de diva contemporânea internética trans humana.
           
O público será convidado à experiencias sensoriais, podendo até mesmo tocar seu corpo e sentir na pele se seu preconceito pode ser vencido. Teoria e prática serão confrontadas num pequeno leilão onde as pessoas poderão comprar seu direito ao toque corporal com a atriz ao formato dos velhos freak-shows.

            Um experimento que possivelmente irá chocar as mentes mais conservadoras nesse planeta cada dia mais conservador. Uma performance transhumanista ativista do século XXI. Um freak show contemporâneo, para saciar a sede do público pelo bizarro, pelo sensacionalismo, pelo diferente. Afinal o público de teatro está cada dia mais ávido de novas experiências.

            O espetáculo tem a direção de Cesar Almeida e vídeos de Luciano Coelho.

            Espetáculo desaconselhável para menores.

Serviço:Escravagina
Mini Guaira
            3- 18h, 4-21h, 5- 15h           
Preço R$40,00 e R$20,00(meia).

Nenhum comentário: