sexta-feira, 29 de abril de 2016

A FILOSOFIA DO SAMBA CARIOCA NA CAIXA CULTURAL


Afilhado musical de Martinho da Vila e herdeiro da tradição do samba carioca, o percussionista, compositor e cantor Marcelinho Moreira é a terceira atração do Samba de Bamba e vai se apresentar na próxima terça-feira, dia 3, às 20 horas, na Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280 - Centro). Marcelinho - que já esteve muitas vezes na cidade acompanhando sambistas como Martinho da Vila (seu padrinho musical), Beth Carvalho, Arlindo Cruz entre outros bambas - chega pela primeira vez em Curitiba para apresentar seu trabalho solo que tem como principal influência o que acontece do bom e do melhor no Rio de Janeiro. 


No seu show de estreia na capital paranaense, Marcelinho Moreira será acompanhado por um quinteto musical e vai apresentar alguns sambas consagrados ao lado de músicas de seus dois trabalhos: Marcelinho Pão e Vinho (2006) – quando ensaiava os primeiros passos como compositor – e o CD mais recente, Fé no batuque, com um forte repertório autoral, sozinho ou com parceiros diversos. Entre eles Martinho da Vila com quem compôs o partido, "Filosofia de vida", já um clássico de shows e rodas com seus versos certeiros: "Que o supérfluo nunca nos falte/ O básico para quem tem carestia/ Não quero mais do que eu necessito/ Pra transmitir minha alegria".

Filho de sambista (seu pai foi autor do samba enredo clássico "Festa do Círio de Nazaré"), percussionista que mesmo jovem já é considerado um mestre, Marcelinho explica que na escolha do repertório, nas letras, nas parcerias tudo leva a essa idéia de síntese do que é fazer samba hoje no Rio de Janeiro. “O trabalho que vou apresentar em Curitiba conta um pouco da história da percussão e da influencia que a minha geração teve dos pioneiros. Procuro ser fiel à minha escola, a do partido alto carioca reinventado por Martinho da Vila e continuado pela geração Cacique de Ramos”, resume o sambista que é herdeiro dos grandes baluartes, mas tem a sensibilidade no presente e o olho no futuro do gênero.

O curador do Samba de Bamba, Rodrigo Browne, comemora o sucesso da quarta temporada do projeto na Caixa Cultural Curitiba. Nas duas primeiras apresentações, com ingressos esgotados, já passaram os sambistas Roque Ferreira e Nina Wirtti. “Nós começamos com o autêntico samba de roda baiano, em seguida foi a vez de uma cantora gaucha com uma voz marcante. Agora, no próximo show, teremos um representante do novo samba carioca. E até o final do ano vamos apresentar artistas que vem renovando o genêro mais popular do país que vão mostrar ao público um painel do melhor samba que vem sendo feito no país”, finaliza.
A próxima atração é o sambista Inácio Rios, dia 7 de Junho.


Serviço - Projeto Samba de Bamba. Apresentação musical do sambista carioca Marcelinho Moreira.
Quando: Dia 03 de maio, terça-feira, às 20 horas
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro
Hora: 20h
Duração: 90 minutos
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia - conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: Livre para todos os públicos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)
 

Nenhum comentário: