sexta-feira, 11 de novembro de 2016

CURITIBA INAUGURA O PRIMEIRO MUSEU DE ARTE INDÍGENA DO BRASIL

Espaço funcionará com visitas guiadas e estará aberto ao público a partir de 18 de Novembro

Uma imersão no universo indígena brasileiro é a proposta do novo museu que será inaugurado dia 18 de Novembro em Curitiba, Paraná. Explorando os sentidos do olfato, visão e audição dos visitantes, o Museu de Arte Indígena (MAI) conta com mais de 700m² de exposição e com um acervo de obras relevantes da  cultura indígena como  cerâmica, cestarias, máscaras ritualísticas, objetos e adornos, com destaque para a arte plumária.


O MAI é o primeiro museu particular do Brasil dedicado a resgatar e preservar esta arte e foi desenvolvido a partir da coleção da administradora Julianna Podolan Martins, que começou a adquirir objetos indígenas após uma visita a uma aldeia no Mato Grosso do Sul em 1997. Desde então, Julianna passou a realizar expedições a aldeias, comprar peças que simbolizam suas culturas e a pesquisar, intensamente, as etnias indígenas brasileiras. 

O museu foi projetado para retratar as riquezas culturais e a diversidade indígena no Brasil. As paredes seguem linhas orgânicas, inspiradas no formato de uma sucuri. Dividido em dois ambientes, que representam o ar e a terra - elementos que fazem parte da cultura destas etnias-, o primeiro andar é dedicado principalmente à arte plumária e o segundo, às cerâmicas, objetos ritualísticos, musicais e cotidianos. 

O Brasil que o Brasil desconhece
Proporcionando uma nova abordagem a cultura indígena, o MAI pretende instigar o visitante a formar uma nova mentalidade crítica sobre o índio brasileiro. “Nossa ideia é desconstruir a imagem do indígena genérico, que normalmente é ensinado nos livros de história nas escolas. Queremos ressaltar a diversidade geográfica, linguística, cultural e física das diversas etnias brasileiras”, afirma Julianna. Com este objetivo, os visitantes terão opção de visitas guiadas e feitas em pequenos grupos, para que consigam absorver mais informações sobre as diferentes culturas. 

Serviço
O Museu de Arte Indígena (MAI) estará aberto à visitação do público a partir do dia 18 de Novembro de 2016. O horário de funcionamento do museu será de terça a domingo, das 10h às 17h30. As visitas de grupo devem ser agendadas por e-mail: maimuseudearteindigena@gmail.com ou pelo telefone (41) 3121-2395. Os ingressos custam R$12 inteira e R$6 meia entrada. 

Tome nota: Museu de Arte Indígena – MAI
Endereço: Av. Água Verde, 1413 - Água Verde, Curitiba – PR 
Telefone: (41) 3121-2395

16 comentários:

gugu-stars disse...

Parabéns por essa iniciativa

Wagner disse...

Será o primeiro mesmo? Em Campo Grande MS a UCDB tem um museu indígena bastante importante e com acervo imenso já há algumas décadas. Segue o link: http://www.mcdb.org.br/

juruva disse...

Você está certo. O Museu Dom Bosco é espetacular. Agora foi reformado e super moderno. Visitei pela primeira vez em 1993. Está muito diferente.

juruva disse...

Você está certo. O Museu Dom Bosco é espetacular. Agora foi reformado e super moderno. Visitei pela primeira vez em 1993. Está muito diferente.

Anônimo disse...

Tem um em Brasília tb!

Anônimo disse...

Pelo que compreendi do texto, é o primeiro museu particular.

Proseando... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Proseando... disse...

O primeiro foi o Museu do Índio, no Rio de Janeiro. No momento desalojado. Mesmo não sendo o primeiro, a iniciativa é meritória. Mauro Cherobim

Leandro Barbosa disse...

Ótima iniciativa!!! Espetacular!!!!

Anônimo disse...

Primeiro museu PARTICULAR sobre a cultura indígena, parabéns pela iniciativa!

Anônimo disse...

Este não é o primeiro museu indígena do Brasil. Em Belém também já tinhamos um.

Cristian Nesi disse...

Em Brasilia também já existe um museu da arte indígena. Mas, pelo o que entendi, este é o primeiro acervo particular.

Edmar Macedo disse...

Parabéns pela iniciativa. Mas o título "CURITIBA INAUGURA O PRIMEIRO MUSEU DE ARTE INDÍGENA DO BRASIL" demonstra grande desinformação sobre o assunto.

Cristiane Palomo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ellen disse...

Gentemmmmmm
Leiam "Primeiro Museu PAR-TI-CU-LAR"
Porque sempre a crítica. ..caramba. ..Já é um cacuete do brasileiro será?
Pois. ..Vamos vibrar!
PARABÉNS aos idealizadores!!!! ♡

edersam disse...

Parabéns pela iniciativa! Curitiba merece um acervo indígena.

Salve os povos ancestrais nativos!