quarta-feira, 9 de novembro de 2016

CURTA TEMPORADA DO ESPETÁCULO NUON NO AVE LOLA Espaço de Criação

Nuon, espetáculo que aborda os tempos do Khmer Vermelho no Camboja, com apresentações de 10 a 28 de Novembro, no “Pague quanto Vale”
 
A Trupe de Teatro Ave Lola, de Curitiba, volta a apresentar, em curta temporada, o premiado espetáculo Nuon, com ingressos no “Pague quanto Vale”, no qual o espectador tem a liberdade de escolher o valor que deseja pagar pela experiência artística.

Outra novidade da temporada é a exposição “Conexões”, da artista visual Ivana Cassuli, que leva até o espaço suas preciosas mandalas. São 10 peças, sendo 9 gravuras digitais e 1 original. “As mandalas estão muito ligadas à cultura do Camboja, ao Budismo, à meditação. São um convite ao processo meditativo, que resgata bons sentimentos, equilíbrio, serenidade. E essa é a conexão das mandalas com a peça Nuon, é a energia, a força, a essência e a beleza”, comenta a artista. As obras estarão à venda durante toda a temporada e 33% do valor arrecadado será revertido à campanha Catarse, uma proposta de financiamento coletivo, que leva o nome “Nuon em Santiago do Chile”.

Quem assistiu à primeira temporada do Nuon foi o ilustrador Gabriel Rischbieter, que se apaixonou pela proposta e, nesta edição, está doando 100% de um trabalho seu, inspirado na peça. “Fiz cinco ilustrações a partir das minhas memórias afetivas de quando tive contato, a primeira vez, com o espetáculo, e agora apresento imagens inspiradas no Camboja e na sua relação com a morte, com a leitura e a brincadeira”, destaca. As ilustrações de Gabriel se transformaram em botons e camisetas que também fazem parte da campanha para arrecadar recursos para levar o espetáculo ao Chile.
Fotografia de: Marigas Maciel.

Sobre a peça 
A companhia traz novamente ao palco a temática dos refugiados de guerra, tendo como pano de fundo o assassinato em massa promovido pelo regime do Khmer Vermelho no Camboja, durante a década de 70. A história, inspirada em fatos vividos há cerca de 40 anos, se mantém atual diante dos conflitos e dificuldades que hoje assolam outros países, como Síria, Afeganistão e Sudão.

"Nós, da Ave Lola, consideramos essencial trazer esse tema para os palcos, a qualquer tempo. Afinal, a história do mundo está marcada por grandes guerras, genocídios e migrações motivadas por tudo isso, a exemplo do que temos visto acontecer com os refugiados sírios. O teatro tem a capacidade de trazer essa reflexão de forma única, com poesia e delicadeza, mas sem minimizar a relevância histórica dos fatos", conta a diretora da Ave Lola, Ana Rosa Tezza, também autora e diretora do espetáculo.

Nuon acontece em uma única noite, durante uma celebração em que no mundo budista os ancestrais são homenageados. A história mostra personagens que viveram sob o regime cruel do Khmer Vermelho, e que voltam para revisitar sua terra e suas memórias. Em especial, a peça gira em torno da personagem inspirada em Phaly Nuon, cambojana que se dedicou a salvar outras mulheres dos traumas físicos e emocionais gerados pela tortura, fome e outras mazelas dos campos de trabalhos forçados.

SERVIÇO:  NUON
Temporada Nuon no Ave Lola Espaço de Criação
De 10 a 28 de novembro de 2016
Quintas, sextas e segundas, às 20h
Sábados e domingos, às 19h
Local: Ave Lola Espaço de Criação (Rua Portugal, 339, São Francisco)
Ingressos: Pague quanto Vale
Informações: www.avelola.net.br
                         
* Você pode conferir o vídeo da peça aqui: https://youtu.be/n_QkYWurweU

Nenhum comentário: