quinta-feira, 27 de julho de 2017

2º ENCONTRO DE CHEVETTES MOVIMENTA O STUDIO PHOENIX NO PHOENIX AMERICAN MEX

2º Encontro de CHEVETTES se realiza neste sábado, no Phoenix American Mex

Neste Sábado (29), o Studio Phoenix e  o Phoenix American Mex recebem mais um grande evento automobilístico desta vez quem estaciona no pátio do bar mais american/mex são os CHEVETTES, automóvel lançado pela General Motors no ano de 1973, sendo fabricado pela montadora Chevrolet no Brasil.
Chevette foi introduzido inicialmente como um sedan duas portas mantendo como sua principal característica, mas posteriormente também foram oferecidos modelos com 4 portas para exportação e versões em hatchback. O Chevette originou outros modelos derivados como a station wagon Marajó e a pickup Chevy 500.
O Chevette também ficou conhecido pela sua potência oferecida. Durante toda sua história, o Chevette já veio equipado com vários motores: 1.0, 1.4 (carburação simples e dupla, está somente em 1982 como opcional), 1.6 (carburação simples) e 1.6/S (carburação dupla, a partir de 1988, um ano após sua última reestilização). Também foram introduzidos motores tanto a gasolina quanto a álcool.
Neste Sábado além de serem conhecidos vários modelos no estacionamento do Phoenix American Mex o bar abre as 8 horas quando será servido um café até as 9 horas da manhã para os participantes, em seguida a cozinha fica aberta com o cardápio especial para o horário do dia onde a cozinha pode ser conhecida com vários drinks especiais, hamburguers, batatas suíças e um espaço especial também onde terá Chopp, espetinhos e barracas para escolher lembranças e peças para serem adquiridas. 
Desenvolvimento do Chevette 
Sob a direção do engenheiro-chefe John Mowrey, a GM começou a desenvolver o Chevette em dezembro de 1973, em resposta à crise do petróleo daquele ano. Por conta disso, as vendas de automóveis na época haviam caído consideravelmente e a Chevrolet pensava em criar um veículo com maior eficiência e que economizasse combustível.
Chevette originou-se do chamado "Projeto 909" - o que se tornaria futuramente o programa de carros T, assim chamado porque os veículos compartilhavam a plataforma T da GM. Com os conhecidos problemas do seu antecessor, o Vega - que incluía questões de produção, problemas de confiabilidade e uma séria propensão à corrosão - a equipe reformulou a plataforma internacional de tal forma que o Chevette não compartilhasse um único painel de carroceria, retrabalhando-a extensivamente para realçar a proteção da corrosão.
Nos Estados Unidos, o Chevette foi lançado oficialmente em 16 de setembro de 1975, em Washington DC. Inicialmente, a GM projetou vendagens iniciais de 275.000 unidades em seu primeiro ano. O modelo alcançou a marca de 2.793.353 vendas em terras estadunidenses no ano de 1987 quando sua linha de produção naquele país foi encerrada. O último Chevette fabricado por lá saiu em 23 de dezembro de 1986 já como modelo 1987, um hatchback azul duas portas que foi enviado a uma revendedora oficial da Chevrolet em Springdale, Ohio. 
No Brasil, o modelo foi lançado antes mesmo de seu lançamento americano em 1973 como um sedan duas portas e, posteriormente, quatro portas. O veículo alcançou um sucesso de vendas significativo no país, originando outros modelos como a Marajó (station wagon) e a Chevy 500 (pickup). 
Serviço: Studio Phoenix e Phoenix American Mex
Br 116, 6000 esquina com Rua Raphael Papa, 1600 Jardim Social - Curitiba.
Telefone: 41 3362-9275
Entrada Franca.

Nenhum comentário: