segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

KID VINIL LANÇA SUA BIOGRAFIA NO VOX BAR

Artista multifacetado, figura indispensável do rock nacional, músico faz dobradinha nos dias 3 e 4 para autografar livro e comandar as pic ups

O “boy” mais famoso do Brasil desembarca no início de março em Curitiba. Antônio Carlos Senefonte, o Kid Vinil, estará no lounge do Vox Bar no dia 3 para autografar sua biografia autorizada “Kid Vinil: Um Herói do Brasil”, de Ricardo Gozzi & Duca Belintani. A sessão será seguida de uma palhinha de Kid nas pic ups. Na sexta, dia 4 de Março, ele desce as escadas e assume o som da pista do Vox.

Cantor, compositor, radialista e jornalista, Kid Vinil ficou famoso nos anos 80 como vocalista do grupo Magazine, com as canções "Tic Tic Nervoso" (de Marcos Serra e Antonio Luiz), "A Gata Comeu", "Sou Boy" e "Glub Glub No Clube". Figura emblemática e fundamental na cena musical brasileira, Kid tornou-se uma referência atuando nas mais diversas frentes. Artista, executivo de gravadora, DJ, apresentador de TV e precursor de tendências: um sujeito multifacetado, que jamais se esquivou à missão de compartilhar o seu vasto conhecimento musical.

Discotecagem
Atuando como DJ desde a década de 80, Kid Vinil tem em seu repertório clássicos dos anos 80, nacionais e internacionais. Do rock brasileiro alguns destaques em seu set, são Blitz, Paralamas do Sucesso, Titãs, Legião Urbana, Capital Inicial, Ultraje a Rigor e Camisa de Vênus. Dos internacionais, Depeche Mode, The Cure,The Smiths, B-52´s, New Order, A-Ha e Cindy Lauper dentre outros. Também inclui sucessos da decada de 60, como Beatles e Rolling Stones. Kid Vinil além de atuar em festas de flash back dos anos 60, 70 e 80, também atua como DJ de indie rock, tocando músicas mais atuais como The Strokes, Franz Ferdinand, The Killers, Arctic Monkeys e Oasis. Da década de 90 seu repertório inclui sucessos do grunge como Nirvana e Pearl Jam e do britpop como Blur e Primal Scream.

Sobre o livro
Kid Vinil: Um herói do Brasil é uma biografia autorizada escrita pelo jornalista Ricardo Gozzi e pelo músico Duca Belintani. Os autores mergulharam na trajetória de Kid Vinil, pontuando os fatos mais marcantes da vida profissional do biografado.
Ao longo das 160 páginas do livro, o leitor vai conhecer cada empreitada de Kid: o começo da vida profissional na gravadora Continental; o início “punk” com a banda Verminose; a entrada na Warner e o sucesso nacional com o Magazine (impulsionado pelos hits “Sou Boy” e “Tic-tic nervoso”); a regravação de “Comeu”, de Caetano Veloso, para a abertura de uma novela da Globo; todos os programas de rádio que ele comandou e a honra de ter mostrado em primeira mão bandas como Ira! e Ultraje a Rigor, além de nomes internacionais como The Smiths, Pixies e R.E.M.; as experiências como apresentador de tevê, em programas como “Som Pop” (TV Cultura) e “Lado B” (MTV); os feitos como produtor/executivo, trabalhando com nomes como Tom Zé e Helena Meirelles; enfim, uma vida dedicada à música.
Admirado pelos fãs, respeitado pela mídia e cultuado pelos seus pares, Kid chega aos 60 anos com a fome de conhecimento de um menino: sua coleção de discos não para de crescer, bem como o seu prazer em compartilhar cultura. Chegou a hora de mergulhar na história desse ícone pop brasileiro.

Os biógrafos
Ricardo Gozzi, 39 anos, é jornalista. Escreveu, em parceira com o doutor Sócrates Brasileiro, o livro Democracia Corintiana: a utopia em jogo, lançado em 2002 pela Boitempo Editorial. Com Alexandre Cavalo Dias, escreveu Velhas Virgens: 18 anos de bar em bar (Ateliê Editorial, 2005).
Duca Belintani, 52 anos, é músico, professor e produtor musical. Já lançou sete livros didáticos dedicados ao ensino da guitarra e sete discos, um deles com Kid Vinil. Foi colunista das principais revistas direcionadas ao mercado da guitarra. Atualmente divulga em shows seus discos solo e autorais, entre eles MPBlues, Conduzir, Cuíca e Na Trilha do Blues.


Sobre o Vox
Aberto em 1998, o Vox é uma das mais tradicionais casas noturnas da cidade. O mix de boa música, alto astral, espaço diferenciado e muita gente bonita faz da casa o lugar ideal para quem deseja curtir a noite em boa companhia. Localizado no Centro Histórico de Curitiba, a tranquila rua Barão do Rio Branco ganha luz e vida todos os finais de semana, onde guarda um grande palco de festas e animação: o Vox. Nos finais de semana, a seleção musical é bastante diversificada e carrega um pouco das influências de cada DJ que toca na casa. New Disco, Black Music, Synthpop, Dance, House, Electro Rock e Electro Pop. A casa recebeu mais de uma vez os prêmios da Revista Veja de “Melhor Lugar para Paquerar” e “Melhor Lugar para Dançar”. No mês de junho, o Vox conquistou o primeiro lugar entre as casas noturnas de Curitiba no TripAdvisor.

Serviço: Vox Bar
Rua Barão do Rio Branco, 418 – Centro | 
www.voxbar.com.br | (41) 3233-8908.
Kid Vinil no Vox
Dia 3, sessão de autógrafos e “palhinha” no lounge, a partir das 20 horas.
Dia 4, discotecagem na pista. Neste dia a casa abre às 21 horas.


Nenhum comentário: