segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

DIA INTERNACIONAL DE LUTA CONTRA O CÂNCER INFANTIL NO HOSPITAL ERASTO GAERTNER

Instituição alerta sobre a importância do diagnóstico precoce

         O Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil é uma comemoração instituída em Luxemburgo em 2011 e promovida pela ICCCPO (International Confederation of Childhood Cancer Parent Organisations/Confederação Internacional de Pais de Crianças com Câncer) que é formada por 132 organizações de 78 países. 

Comemorada em 15 de Fevereiro, a data tem como objetivo promover a conscientização global sobre a doença. Por este motivo, o Hospital Erasto Gaertner alerta para a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, principalmente através de um olhar mais atento para possíveis sintomas, por parte de pais, cuidadores e até mesmo profissionais da saúde.
Atualmente, o câncer infantil é a causa número 1 das mortes de crianças e adolescentes. Mas o diagnóstico precoce pode ser o principal modo de se reverter esse quadro. Por isso, os pais devem sempre estar atentos a qualquer mudança na saúde de seus filhos, prestando atenção para alguns sintomas como: palidez, manchas roxas sem relação com machucados, febre, dor abdominal e urina com sangue, entre outros.

Segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer), anualmente cerca de 11 mil crianças e adolescentes de 1 a 19 anos são diagnosticados com câncer no Brasil. Segundo a médica do Hospital Erasto Gaertner, Dra. Carolina Martins de Almeida Peixoto, “a data é importante porque cada vez mais nós percebemos o aumento no número de casos do câncer infantil. A causa desse aumento nós ainda não sabemos. Não se sabe se é porque esses casos eram subdiagnosticados e agora eles são diagnosticados, e aí temos uma falsa impressão de um aumento do número ou se porque realmente existe uma elevação, um aumento real de casos.”
 “Quanto à prevenção, é bem difícil usar esta palavra em oncologia pediátrica. Porque nestes pacientes, as neoplasias não estão relacionadas a fatores ambientais, como por exemplo usamos nos adultos, o tabagismo, a obesidade e a exposição ao sol. Por isso, é fundamental lembrar do diagnóstico precoce, porque quanto mais cedo é diagnosticado, menos avançada está a doença. E isso permite que a gente faça um tratamento menos agressivo, fazendo com que a chance de sobrevida dessa criança seja ainda maior”, afirma a Dra. Carolina.

Serviço: Hospital Erasto Gaertner
Rua Dr. Ovande do Amaral, 201 - Jardim das Américas - Curitiba | PR
Telefone: (41) 3361-5000


Nenhum comentário: