quarta-feira, 4 de maio de 2016

NUON TEM TEMPORADA ESTENDIDA NO AVE LOLA ESPAÇO DE CRIAÇÃO

Nuon tem temporada estendida após formação de fila de espera

Prevista para encerrar no dia 1º de Maio, a temporada curitibana do espetáculo da Ave Lola continua por mais um mês


Após a formação de listas de espera em praticamente todas as noites de apresentação do espetáculo Nuon, a Trupe de Teatro Ave Lola decidiu estender por mais trinta dias sua temporada em Curitiba, inicialmente prevista para acabar no dia 1º de Maio. A peça já havia sido sucesso de crítica e bilheteria no Festival de Teatro de Curitiba 2016 e, em seguida, entrou em cartaz no dia 7 de Março. As apresentações acontecem quintas e sextas-feiras, às 20h, e sábados e domingos, às 19h, no Ave Lola Espaço de Criação (Rua Portugal, 339 - São Francisco - Curitiba).

O valor do ingresso fica a critério do espectador, de acordo com a política "Pague Quanto Vale". Reservas podem ser feitas pelo e-mail producaoavelola@gmail.com, mas é preciso chegar 30 minutos antes do espetáculo para confirmar o lugar. Outro destaque da Ave Lola é a gastronomia, sempre presente nas atividades do grupo. Um delicioso prato cambojano é servido na cozinha do espaço, antes e depois das apresentações, incluindo uma versão vegana.

O espetáculo - O espetáculo Nuon traz ao palco a temática dos refugiados de guerra, tendo como pano de fundo o assassinato em massa promovido pelo regime do Khmer Vermelho no Camboja, durante a década de 70. A história, inspirada em fatos vividos há cerca de 40 anos, se mantém atual diante dos conflitos e dificuldades que hoje assolam outros países, como Síria, Afeganistão e Sudão.

"Consideramos essencial trazer esse tema para os palcos, a qualquer tempo. Afinal, a história do mundo está marcada por grandes guerras, genocídios e migrações motivadas por tudo isso, a exemplo do que temos visto acontecer com os refugiados sírios. O teatro tem a capacidade de trazer essa reflexão de forma única, com poesia e delicadeza, mas sem minimizar a relevância histórica dos fatos", conta a diretora da Ave Lola, Ana Rosa Tezza, também autora e diretora do espetáculo.

Nuon acontece em uma única noite, durante uma celebração em que no mundo budista os ancestrais são homenageados. A história mostra personagens que viveram sob o regime cruel do Khmer Vermelho, e que voltam para revisitar sua terra e suas memórias. Em especial, a peça gira em torno da personagem inspirada em Phaly Nuon, cambojana que se dedicou a salvar outras mulheres dos traumas físicos e emocionais gerados pela tortura, fome e outras mazelas dos campos de trabalhos forçados.

Sobre o Khmer Vermelho - O regime aconteceu entre 1975 e 1979 e suas práticas são reconhecidas internacionalmente como assassinato em massa. Cerca de 2 milhões de pessoas - 25% da população do Camboja na época - foram executadas. Os principais líderes do regime foram Pol Pot, Nuon Chea, Ieng Sary, Son Sen e Khieu Samphan. Além de mortes, o Khmer Vermelho foi responsável por horrores praticados em campos de trabalhos forçados, como tortura, separação de famílias e muita fome.

Fotografia de: Maringas Maciel.
  
SERVIÇO: Espetáculo Nuon
De 7 de Abril a 29 de Maio
Quintas e sextas: às 20h
Sábados e domingos: às 19h
Local: Ave Lola Espaço de Criação
End.: Rua Portugal, 339 – São Francisco
Ingressos: Pague Quanto Vale
Reservas: producaoavelola@gmail.com

Nenhum comentário: