segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

INTERVENÇÃO COM 4 MIL FLORES DE CERÂMICA NO JARDIM DO MON

A intervenção das 4 mil Flores de Cerâmica é prorrogada no MON

Embora simbólica, uma representação da primavera ficará por mais um tempinho em Curitiba. A intervenção das 4 mil Flores de Cerâmica ‘plantada’ no gramado do Museu Oscar Niemeyer (MON), que estava prevista para ser encerrada no próximo dia 20, foi prorrogada até o dia 8 de Fevereiro. A instalação coletiva é uma das ações paralelas do 4º Salão Nacional de Cerâmica e tem como objetivo auxiliar a divulgação desta edição do evento além de contribuir para a formação de público da arte da Cerâmica na cidade.

A intervenção congrega o trabalho de 81 artistas, professores e alunos, a maioria paranaense. Durante todo ano de 2013, cada artista se dedicou para produzir 50 flores brancas presas por hastes flexíveis para compor o grande jardim. A instalação entrou em cartaz no dia 5 de dezembro de 2013, no gramado frontal do MON, próximo ao espelho d’água. A cor branca das flores, inclusive, foi adotada para ficar em sintonia estética com o MON.

Teve artista que optou por uma modelagem manual das flores, outros adotaram processos mais industriais, como colagens. Até o mesmo modelo de flor ganhou alterações de tamanho e inclinação. Para a produção das flores foram utilizados diferentes métodos de pintura e processos de queima, como o rakú, engobagem e vidrados”, explica Marilia Diaz, coordenadora artística do 4º Salão e responsável pela organização da intervenção das 4 mil Flores de Cerâmica.

Em números, a intervenção pode ser representada por: 12 meses de trabalho e organização; aproximadamente 2,5 toneladas de argila e 800 quilos de hastes de ferro; e cerca de 243 fornadas. No último dia da intervenção, uma ótima notícia para os amantes da arte da Cerâmica. As flores serão ‘colhidas’ pelos artistas para serem comercializadas no vão livre do MON. As flores poderão ser adquiridas ao preço de R$ 50,00, cada uma.

O 4º Salão Nacional de Cerâmica está sendo realizado na Casa Andrade Muricy (CAM), em Curitiba, e segue até 30 de março de 2014. Realizado pela Sociedade Amigos de Alfredo Andersen (SAAA), o 4º Salão Nacional de Cerâmica recebe o apoio do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) e do Museu Alfredo Andersen. O 4º Salão é um projeto aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura e conta com o patrocínio da Sanepar.







Serviço:



Intervenção das 4 mil Flores de Cerâmica, ação paralela do 4º Salão Nacional de Cerâmica



Onde: jardim frontal do Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico - Curitiba)



Quando: até o dia 8 de fevereiro de 2014



Entrada gratuita



Nenhum comentário: