quarta-feira, 13 de julho de 2016

DIARISTA E CORREDORA DE 72 ANOS É CARREGADORA DA TOCHA OLíMPICA EM CURITIBA

Participante do Clube da Melhor Idade Nissei, dona Irena fará parte da história dos Jogos Olímpicos

Catarinense de nascimento, mas paranaense de coração, dona Irena Gonçalves do Nascimento tem 72 anos de idade e uma paixão: a corrida. Com uma rotina pesada – ainda trabalha como diarista -  e muita determinação, já conquistou mais de 100 troféus e 400 medalhas, pela participação em corridas no Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Argentina.

Como reconhecimento a tantas realizações, uma de suas sete filhas a sugeriu como carregadora da tocha olímpica, que chega a Curitiba na próxima quinta (14). Ela foi escolhida e fará parte da história dos Jogos Olímpicos. “Estou emocionada! Esse será um dos momentos mais importantes da minha vida. Nunca imaginei que isso seria possível!”, conta orgulhosa dona Irena. 

Essa ligação com o esporte começou há 14 anos, aos 58 anos de idade. Ela estava cansada da rotina - era da casa para o trabalho e do trabalho para a casa - sem interagir com outras pessoas. Essa foi a motivação para dona Irena começar a correr e se exercitar. No início era andar e depois correr os 10 km entre sua casa e o trabalho. E ela nunca mais parou. Participante do Clube da Melhor Idade Nissei, a dona Irena acorda todos os dias às 4h30 da manhã para treinar.

Ao ser questionada sobre aqueles que acham estar muito velhos para começar alguma atividade física, ela é categórica: “Nunca é tarde e ninguém é muito velho. Isso não existe!”, ressalta. Segundo dona Irena, é muito importante que instituições como a Nissei, apoiem e incentivem idosos à prática de atividades físicas. “É muito bom, porque a gente descobre coisas noivas, o outro anima a gente. Se você acha que não pode fazer alguma coisa é porque ainda não começou. Exercício é saúde e oportunidade de compartilhamento”, explica.

Dona Irena está em plena forma e diz que os mais novos também devem se preocupar com a saúde. “Eu conheço jovens de 20 anos que estão piores do que eu com 72. Quanto antes começar a cuidar da alimentação e da saúde, melhor. Saúde é questão de escolha e precisamos começar o quanto antes”, conclui.

Sobre o Clube da Melhor Idade Nissei: O Clube da Melhor Idade Nissei existe há mais de 10 anos e oferece toda uma estrutura de atendimento e valorização do idoso, que recebe descontos especiais nas compras. Além disso, ele pode aproveitar uma série de atividades como alongamento e passeios, bem como participar do Grupo de Dança, do Grupo de Voluntários e do Coral da Melhor Idade. A participação do Clube da Melhor Idade Nissei é gratuita e aberta para qualquer consumidor a partir de 55 anos ou aposentado. Atualmente são mais de 500 mil associados ao Clube no Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

Nenhum comentário: