ESPETÁCULO "BOCA MALDITA" RESGATA PERSONAGENS LENDÁRIOS DA CAPITAL PARANAENSE

A peça, irreverente e cheia de humor, está em cartaz no Teatro Lala Schneider até meados de Junho e é mais uma das atrações do Circuito Cultural Ademilar

Se você quer conhecer mais Curitiba, não pode perder a peça “Boca Maldita”, que está em cartaz até 16 de Junho, no Teatro Lala Schneider, com apresentações às sextas-feiras e sábados. Com direção de João Luiz Fiani, a peça apresenta no palco personagens lendários de um dos lugares mais icônicos da capital paranaense.

O espetáculo é uma grande comédia musical sobre Curitiba e resgata a história por meio de personagens icônicos que representam o desenvolvimento econômico e cultural da cidade. A travesti Gilda, o italiano Chico Bosta, que enriqueceu limpando as fossas da cidade, e as Marias Sete Bundas e Maria Pelanca são alguns desses personagens. 

“Quando resolvi escrever esse texto, fui impulsionado pela vontade de falar da cidade que escolhi para viver e que tão bem me escolheu. E nada melhor do que falar das pessoas que fazem a cidade. Nada melhor do que falar desses tipos inesquecíveis que por lá passaram e passam”, explica Fiani, que, além de ser figura conhecida da cena teatral paranaense, é o atual secretário de Estado da Cultura do Paraná.

Irreverente e cheia de humor, a peça é uma viagem no tempo, que permite ao público conhecer um pouco mais da história de Curitiba, com passagens por um dos locais mais icônicos e ponto turístico obrigatório no roteiro daqueles que visitam a cidade, a Boca Maldita.

A peça é mais uma das atrações do Circuito Cultural Ademilar, que integra uma série de manifestações culturais que estão levando, além de teatro, música, cinema, literatura, dança e artes visuais para todas as regiões da cidade, em um calendário viabilizado pela Lei do Mecenato Municipal.

A Boca Maldita                                                       
O trecho entre a Rua Ébano Pereira e a Praça Osório, a Avenida Luiz Xavier – popularmente conhecida como Boca Maldita –, é considerada por alguns a menor avenida do mundo, com seus 145 metros de comprimento. Mas a chancela não consta no Guinness World Records, organização responsável pelo registro dos recordes mundiais, e apesar da fama, é mais um mito dessa rua que guarda muitas histórias de Curitiba.
Tradicional ponto de encontro de intelectuais e políticos paranaenses, a Boca Maldita foi um importante reduto cultural da cidade e também palco de protestos, como em 1984, onde foi um dos principais cenários do movimento Diretas Já, com manifestações que somaram mais de 50 mil pessoas.

Serviço: Boca Maldita – Uma comédia sobre Curitiba
Sextas-feiras e sábados, até 16 de junho
Horário: 21h
Local: Teatro Lala Schneider
Rua 13 de Maio, 629 – São Francisco - Curitiba 
Conheça outros projetos que integram o Circuito Cultural Ademilar e saiba mais sobre a iniciativa: www.circuitocultural.com.br  
Ingressos:
R$ 15,00 (meia-entrada) e R$ 30,00 (inteira).




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

YOUTUBER REZENDEEVIL LANÇA LIVRO EM CURITIBA

SHOPPING PALLADIUM INICIA CAMPANHA DE DIA DAS CRIANÇAS COM BRINDE EXCLUSIVO

MASTER VENCE PROFISSIONAIS DO ANO NA CATEGORIA CAMPANHA REGIÃO SUL