quarta-feira, 12 de agosto de 2015

MARIA DE MEDEIROS ATRIZ PORTUGUESA SE APRESENTA NA CAIXA CULTURAL

Estrelado pela portuguesa Maria de Medeiros, Aos nossos filhos faz reflexão sobre famílias contemporâneas de 14 a 16 de Agosto

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 14 a 16 de Agosto, o espetáculo Aos nossos filhos. Com a atriz portuguesa Maria de Medeiros, conhecida mundialmente por sua atuação nos filmes Pulp Fiction, de Quentin Tarantino, e Henry e June, de Philip Kaufman, o projeto traz a ganhadora do Globo de Ouro e do Festival de Veneza pela primeira vez aos palcos brasileiros.

A montagem, com texto de Laura Castro e direção de João das Neves, trata das relações familiares contemporâneas ao mostrar um embate entre mãe e filha. A mãe, interpretada pela portuguesa, é divorciada, com três casamentos, filhos em dois deles, além de enteados. É uma mulher que lutou contra a ditadura no Brasil, pegou em armas, foi exilada e morou em diversas partes do mundo. A filha, vivida pela também atriz Laura Castro, vive um casamento que vai completar 15 anos com outra mulher que está grávida do primeiro filho do casal.

A peça se passa na noite em que a filha conta a sua mãe que vai ter um filho através da barriga de sua companheira. A notícia traz à tona encontros e conflitos das duas gerações. Neste momento, o espetáculo coloca em confronto duas mulheres, mãe e filha, ambas revolucionárias a seu tempo, e tem como pano de fundo questões como liberdade individual e novas configurações familiares,  com suas consequências, desdobramentos e afetos.

A atriz
Maria de Medeiros é atriz, cineasta e cantora portuguesa. Considerada a melhor atriz portuguesa de cinema da sua geração, foi nomeada Artista da UNESCO para a Paz. Iniciou a sua filmografia com o longa-metragem Silvestre, de João César Monteiro (1982), tendo consolidado a sua atividade com Henry e June (1990), de Philip Kaufman e Pulp Fiction, de Quentin Tarantino (1994). Destaca-se ainda as suas interpretações Três Irmãos, de Teresa Villaverd (1994), que lhe valeu os Prêmios de melhor atriz no Festival de Veneza e Festival de Cancun; Adão e Eva, de Joaquim Leitão (1995) que lhe deu um Globo de Ouro na categoria de melhor atriz e O Xangô de Baker Street, de Miguel Faria Jr.

A equipe
João das Neves é autor, tradutor, diretor, ator e iluminador teatral. Dirigiu o setor de Teatro de Rua do Centro Popular de Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE) até 1964, quando a entidade foi extinta pela ditadura. Ainda em 1964, foi um dos fundadores do histórico Grupo Opinião. Escreveu e dirigiu O Último Carro, ganhador de mais de 20 prêmios, entre eles o Golfinho de Ouro, Moliére e o prêmio da Bienal Internacional de São Paulo. É autor de Mural MulherCafé da Manhã, entre outros. Foi indicado como melhor diretor ao Prêmio Shell de 2007 (Besouro Cordão de Ouro) e de 2009 (A Farsa da Boa Preguiça).

Laura Castro atriz, cantora, escritora e produtora cultural. Entre 2005 e 2009, foi Diretora de Produção do Centro de Referência Cultura Infância. Atuou em diversos espetáculos, entre os quais: Menininha, dirigido por João Cícero, Magda Modesto e João das Neves, no qual assina também a dramaturgia; Bituca - O Vendedor de Sonhos, direção de João das Neves; Carolina, direção de Renato Farias; Hans, o Faz Tudo, dirigido por Karen Acioly; Obrigado, Cartola!direção de Vicente Maiolino; Elis, Estrela do Brasil, dirigido por Diogo Vilela; e Dolores direção de Antônio De Bonis.

Serviço:
Teatro: Aos nossos filhos
Data: 14 a 16 de Agosto de 2015
Hora: sexta-feira às 20h, sábado e domingo às 18h e às 20h30
Ingressos: vendas a partir de 08 de agosto (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia - conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA. A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Lotação máxima: 125 lugares (dois para cadeirantes).



Nenhum comentário: